Alerj deve aprovar nesta quarta-feira porte de arma ao Degase

Alerj vota novamente o projeto que já havia sido aprovado em sessão que foi anulada

Por PALOMA SAVEDRA

Votação do projeto de lei que garante porte de arma aos agentes do Degase
Votação do projeto de lei que garante porte de arma aos agentes do Degase -

O projeto de lei que garante o porte de arma aos agentes do Degase será votado hoje, em discussão única, na Alerj — e deve ser aprovado. A proposta chegou a ir ao plenário da Casa em 10 de abril, quando foi aprovada. Mas a inclusão de uma subemenda ao texto — apresentada pelo líder do governo, Márcio Pacheco (PSC) — ampliando esse direito a parlamentares da Casa e auditores da Receita Estadual provocou grande reviravolta.

A votação foi anulada após Luiz Paulo (PSDB) fazer questionamentos formais ao presidente da Alerj, André Ceciliano (PT).

Ainda assim, a expectativa hoje é de que deputados novamente tentem estender o direito ao porte de arma a eles mesmos.

O projeto, de autoria de Marcos Muller (PHS), aliás, prevê o porte aos servidores do Degase para defesa pessoal, e que eles não fiquem armados dentro das unidades onde estão os internos.

Comentários