Educação estadual vai chamar 453 professores aprovados em concurso

Secretário da pasta, Pedro Fernandes acaba de assinar autorização para nomeá-los, desse total, 140 são só para a disciplina de Português

Por PALOMA SAVEDRA

Secretário de Educação, Pedro Fernandes, diz que convocações são para suprir carência de pessoal por região e disciplina
Secretário de Educação, Pedro Fernandes, diz que convocações são para suprir carência de pessoal por região e disciplina -
A rede estadual de Educação vai ter um reforço de professores ainda este ano. O secretário de Educação, Pedro Fernandes, acaba de assinar, nesta terça-feira, a autorização para a chamada de 453 mestres concursados que estão na fila de espera das convocações. Desse total de educadores, 140 são só para a disciplina de Português. 
Fernandes afirmou à Coluna que as nomeações sairão no Diário Oficial nos próximos dias e que serão para o trabalho imediato nas salas de aula no segundo semestre deste ano.
"Tivemos autorização do Conselho de Supervisão do Regime de Recuperação Fiscal para chamar esse grupo. Vamos chamar de imediato e teremos esses profissionais para suprir carências em algumas regiões", declarou ele, que já encaminhou o documento à Secretaria da Casa Civil. 
O impacto financeiro provocado pelas contratações será absorvido por recursos financeiros da própria secretaria e do Tesouro estadual. 
Segundo o secretário, vão ficar na fila de espera apenas 32 aprovados em concurso. E ele disse que a equipe da Seeduc continuará trabalhando pelo aval dessas convocações também. "Vão faltar apenas 32 e estamos tentando autorização do conselho", garantiu. 
Ele explicou que as chamadas atendem às necessidades por região e disciplina, que nem mesmo as horas extras foram capazes de cobrir. 

Comentários