Prefeitura de Caxias abriu nove pontos de vacinação espalhados pela cidade. A imunização causou um enorme tumulto na cidade da Baixada
Prefeitura de Caxias abriu nove pontos de vacinação espalhados pela cidade. A imunização causou um enorme tumulto na cidade da BaixadaReginaldo Pimenta / Agencia O Dia
Por O Dia
Duque de Caxias - O primeiro dia de vacinação para pessoas com 60 anos ou mais foi de muita confusão e filas quilométricas em Duque de Caxias, na manhã desta sexta-feira, 5. A vacinação ampliada para o grupo etário de 60 anos ou mais teve início às 7 horas da manhã, em nove pontos de vacinação instalados no distrito de Xerém. Entretanto, desde às 23h do dia anterior já era possível registrar a presença de carros e pessoas nos pontos divulgados aguardando o início da vacinação.
Publicidade
Por causa disso, na Praça da Mantiquira, houve um longo congestionamento que chegou na Rodovia Washington Luiz. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) precisou ser acionada. De acordo com a PRF, houve, pelo menos, três quilômetros de lentidão na via, na entrada de Xerém, por causa da ação.
Já nos locais onde as vacinas estão sendo aplicadas, centenas de pessoas se aglomeraram em filas.
Publicidade
"Levei minha mãe e minhas tias para vacinar, saímos de casa era 4h da manhã. Já saímos cedo porque sabíamos que poderíamos enfrentar confusão, mas o cenário foi muito pior. Não conseguimos nem senha para a vacinação. Quando chegamos no Drive Thru da Mantiquira, já deveria ter mais de mil carros", disse Luan Santos, morador do bairro Jardim 25 de Agosto.
Publicidade
O anúncio da Prefeitura de Duque de Caxias atraiu pessoas de outras cidades e estados. Não era preciso apresentar comprovante de residência. Duque de Caxias é o único município do Grande Rio que estendeu a vacinação a qualquer idoso acima de 60 anos.
Segundo o prefeito Washington Reis seriam aplicadas 6.100 doses. Ou seja, não há vacina para todos.

"Hoje vamos aplicar 6.100 vacinas, então tem que começar cedo. Nós madrugamos, distribuímos as senhas, divulgamos bem, são nove novos pontos de vacinação para diminuir a aglomeração. O que eu não admito é a vacina ficar guardada na geladeira", disse em entrevista para a TV Globo.
Publicidade
Engarrafamento provocado pela vacinação em Duque de Caxias - Reprodução
Engarrafamento provocado pela vacinação em Duque de CaxiasReprodução
Recomendação do MP
Publicidade
Nesta quinta-feira, 4, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), emitiu recomendação ao município para que seja observado o Plano Nacional de Imunização, que estabelece como grupo prioritário pessoas acima de 60 anos, mas com ressalvas.

No texto, o MP-RJ alerta que “a taxa de letalidade por covid-19 é maior de acordo com a elevação da faixa etária, de modo que um idoso com 79 anos é mais vulnerável, em tese, do que outro com 60 anos” e, portanto, recomenda “priorizar as idades mais elevadas dentre a faixa etária de 80 a 60 anos, tendo em vista a maior taxa de letalidade entre os mais idosos, evitando, desta forma, que pessoas mais jovens sejam vacinadas antes de pessoas mais idosas”.