Empresários projetam ações nas Zonas Norte e Oeste do Rio

Ideia é estimular o surgimento de novos negócios em ações voltadas para o empreendedorismo social. Iniciativas também deverão se expandir para a Baixada

Por Bernardo Costa

Empresários buscam soluções para Rio e Baixada
Empresários buscam soluções para Rio e Baixada -

Um dos apoiadores do Hacking.Rio, que reúne lideranças empresariais da cidade para fomentar o surgimento de novos negócios, pretende orientar ações em prol do empreendedorismo social. Segundo o empresário Arthur Montenegro,  a proposta é investir em programas de capacitação em cidades da Baixada Fluminense e bairros da Zona Norte e Oeste do Rio. O programa itinerante está em fase de estruturação, mas já tem um nome: LapidáRIO.

"Estamos em contato com empresários e investidores para fomentar eventos corporativos. Há uma quantidade significativa de pequenas empresas surgindo nessas regiões que precisam de visibilidade, mas seus fundadores não encontram oportunidades para desenvolver seus negócios. Com os encontros para capacitação e palestras com especialistas, queremos atender a essa demanda", adianta Arthur Montenegro, sócio-diretor da empresa Etc Soluções em Negócios, que elabora o projeto.

Uma das parcerias que estão sendo desenvolvidas é com as escolas de samba do Rio. A ideia é que elas abram espaço para receber empreendedores das comunidades para encontros com empresários e investidores: "Assim, a gente vai criar condições para que esses empreendedores ingressem nos grandes centros corporativos".

Últimas de Empregos e Negócios