Startup de RH usa plataforma para promover inclusão no mercado de trabalho

Iniciativa já empregou 400 jovens em dois anos de atuação. Mais de 30 mil currículos passaram a fazer parte do banco de dados da entidade

Por O Dia

Plataforma de RH conecta currículos a empresas
Plataforma de RH conecta currículos a empresas -

Rio - A transgênero Sabrina Rodrigues Pacheco, de 29 anos, participou de workshops de capacitação para o mercado de trabalho promovidos pela Comunidade Empodera. Ela simboliza o tipo de atuação da startup de RH, que prioriza a inclusão ao conectar jovens com empresas por meio de uma plataforma digital para vagas de emprego, estágio e trainee. Em três anos de atuação, mais de 30 mil currículos passaram a fazer parte do banco de dados da entidade — 10% do índice é formado por pessoas LGBT. Pessoas negras representam 50% dessa mão de obra (confira mais informações sobre a plataforma no infográfico acima).

Marcos Furtado, de 26 anos, faz parte desses dois grupos. Estudante de Jornalismo, ele foi selecionado para atuar como estagiário em uma empresa. "Trabalho com comunicação corporativa dos países hispânicos". Citada no começo da reportagem, Sabrina, estudante de Relações Internacionais da UFRJ, disse que passou por uma jornada de autoconhecimento com o auxílio da plataforma. "Nos eventos, encontrei outras pessoas trans que também estavam procurando emprego", relata.

No mês passado, a Comunidade Empodera lançou em sua plataforma e redes sociais um programa de estágio voltado para o Google. O idioma inglês será ensinado aos jovens selecionados, que devem ser negros. A parceria com o Google surgiu de uma reunião em que a multinacional manifestou o interesse de abrir uma seleção exclusiva pela plataforma. "Nós falamos para a empresa que, se ela precisa que o candidato fale inglês, ela pode fazer um projeto social onde irá selecionar jovens de potencial e pagar o curso de inglês para eles", esclarece o engenheiro Leizer Vaz Pereira, fundador da plataforma.

Segundo ele, a iniciativa vai além das oportunidades. "Ela é uma plataforma de educação de carreira, preparação online para processos seletivos e acesso às vagas. Além de recrutar, a gente também prepara esses jovens para o mercado de trabalho", explica.

EMPRESAS APOIAM PROPOSTA

Gerente de Planejamento Tributário da White Martins, Julianna Toscano faz parte do programa de mentoria voluntária da plataforma de RH. "Com a nossa experiência, podemos ajudar a abrir portas, fazer com que eles conheçam um pouco mais do mercado de trabalho. Eu tive essa oportunidade quando estudava e sei o quanto isso foi importante para a minha formação", conta. "A plataforma coloca empresa em um processo de promoção da diversidade e inclusão, que são a chave do desenvolvimento do nosso negócio", elogia Clara Bravo, gerente da Souza Cruz.

* estagiária Luiza Ferraz, sob supervisão de Herculano Barreto Filho

Comentários