Agressor de Bolsonaro é transferido de Juiz de Fora para Mato Grosso do Sul

Adélio Bispo deu uma facada no candidato à presidência Jair Bolsonaro durante campanha

Por O Dia

Adélio Bispo de Oliveira é transferido para Campo Grande
Adélio Bispo de Oliveira é transferido para Campo Grande -

Rio - Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, o homem que deu uma facada no candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), foi transferido de Juiz de Fora, em Minas Gerais, para um presídio de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, por volta das 7h55 deste sábado.

O homem embarcou em um avião da Polícia Federal no Aeroporto Francisco Álvares de Assis e a previsão é que o voo até a cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo, onde o avião fará uma escala, dure por volta de 2h40. Só depois, Adelio seguirá para Campo Grande. O novo voo tem duração prevista de 1h30 e Adélio deve chegar ao seu destino final por volta de 12h.

A transferência do agressor de Bolsonaro foi determinada pela Justiça Federal durante audiência de custódia, na tarde de sexta-feira. Ele foi preso pela Polícia Militar de Minas Gerais logo após o ataque ao candidato à presidência, em Juiz de Fora, e assumiu ser o autor da facada. 

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o caso e indiciou Adélio por "atentado pessoal por inconformismo político".