Wilson Witzel é hostilizado por manifestantes pró-Paes

Segundo relatos, o candidato ao governo do Rio ficou cerca de 30 minutos dentro de uma van, pois os manifestantes não o deixavam sair

Por Cassio Bruno e Rafael Nascimento

Wilson Witzel é hostilizado por manifestantes pró Paes
Wilson Witzel é hostilizado por manifestantes pró Paes -

Rio - Wilson Witzel foi hostilizado, na tarde desta terça-feira, por cabos eleitorais de Eduardo Paes. O caso aconteceu em frente à sede do SBT, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. 

Segundo relatos, o candidato ao governo do Rio ficou cerca de 30 minutos dentro de uma van e ameaçou não participar do debate. A Polícia Militar foi acionada e o ex-juiz federal só conseguiu descer do veículo após PMs e seguranças fazerem um corredor humano. Pedro Fernandes, candidato do PDT derrotado no primeiro turno, também estava no veículo. Não há informações sobre feridos ou presos. 

Witzel entrou na emissora e não quis falar com a imprensa. A campanha de Eduardo Paes ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

O debate de segundo turno entre Witzel e Paes acontece nesta terça, a partir das 18h10, e é organizado pelo UOL, "Folha de S. Paulo" e SBT.