O que os astros reservam para Jair Bolsonaro?

De acordo com a astróloga Márcia Fervienza, os trânsitos planetários do presidente chamam a atenção a outros quadros patológicos, que não se restringem ao coronavírus

Por O Dia

O presidente Jair Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro -
Rio - O presidente Jair Bolsonaro está atravessando trânsitos complicados no mapa natal. Segundo a astróloga Márcia Fervienza, a oposição que Saturno está fazendo ao ascendente o deixa “mais vulnerável às doenças, por conta da baixa imunidade, do excesso de estresse no trabalho e da opinião pública.”
Mapa astral de Jair Bolsonaro - Divulgação/Márcia Fervienza
O Urano posicionado no ascendente, de acordo com Márcia, faz com que o presidente obedeça somente às regras ditadas pelo próprio código pessoal. Ou seja, ele prefere ser fiel ao que acredita do que se alinhar às expectativas alheias.
Astrologicamente está mais vulnerável a infecções por doenças epidêmicas e quadros alérgicos, como explica a astróloga, por conta do trânsito de Saturno na casa 7 fazendo um contato complicado com Netuno. “O presidente pode estar atravessando um momento emocionalmente estressante, um período de desilusão e de questionamento, onde pode ser necessário ter que corrigir a rota para poder continuar avançando.”
Entretanto, a especialista avisa que a margem de erro para as previsões são amplas, uma vez que “Bolsonaro tem uma ‘proteção cósmica’ acentuada por Júpiter na casa 12. Esse posicionamento faz com que as consequências para os atos sejam infinitamente menores do que seriam para os demais.”

Galeria de Fotos

O presidente Jair Bolsonaro Reprodução de vídeo
O mapa astral do Jair Bolsonaro Divulgação/Márcia Fervienza

Comentários