Preterido, Thiago Silva revela chateação com Neymar: 'Não conversou comigo'

Zagueiro perdeu a braçadeira de capitão para Neymar e se vê triste depois de perdeu o seu espaço na seleção brasileira

Por cadu.bruno

Áustria - Reserva do técnico Dunga, o zagueiro Thiago Silva parece não estar gostando muito do novo status na seleção brasileira. O jogador perdeu a vaga para Miranda na defesa e a faixa de capitão para Neymar. Chateado, ele afirma que esperava pelo menos uma conversa com o camisa 10 e revelou que tem procurado se isolar no grupo, sem ‘reclamar’ para ninguém.

"Não tem que partir de mim a conversa. Não veio falar comigo (Neymar). Não falei com ninguém, foi sem conversa. E é isso que deixa chateado. Nesse momento, falar para vocês que estou feliz, não estou. Momento triste, mas faz parte do futebol. Vou procurar fazer o meu trabalho para ajudar o grupo da melhor maneira", afirmou.

Thiago Silva não gostou de perder o posto de capitãoMowa Press

Nem mesmo as cinco vitórias em cinco jogos melhoram o humor do beque. Thiago Silva acredita que perdeu completamente o espaço na Seleção.

"Parece que você perde um espaço, que te tiraram alguma coisa. Estou triste. É notável. Parece que te tiraram uma coisa que te pertencia. Na primeira vez que eu tive a chance de ter a braçadeira, quando o Robinho me passou e falou que era para mim ou para o Daniel Alves, eu não fiz a mínima questão de pegar porque o Dani tinha mais tempo de Seleção do que eu. Alguns meses depois, o Mano perguntou se eu gostaria de ser o capitão e, de primeira, eu disse que sim. Quando você perde é doloroso. Estamos procurando estar o mais tranquilo possível, pensando um pouco para falar. O mais importante é eu estar bem comigo", desabafou.

Buscando se reencontrar com a camisa verde e amarela, Thiago contou que conversa apenas com os jogadores mais próximos, mas preferiu não dar nomes. "Não vou falar quem são para que eles não venham a sofrer", finalizou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia