Welder Knaf foi suspenso nas Paralimpíadas após uso de dopingFoto: Divulgação/Rede do Esporte

Rio - Após o atleta Fernando Saraiva, do levantamento de peso, ter sido suspenso nos Jogos Olímpicos de Tóquio por uso de doping, o paralímpico Welder Knaf, da classe três do tênis de mesa, foi pego de surpresa com exame colhido em 23 de fevereiro e foi suspenso provisoriamente. Em entrevista ao portal "UOL", Knaf alega que fez uso da substância por recomendação médica.
"Há um tempo estou tendo acompanhamento nutricional para me recuperar de algumas deficiências de nutrientes e vitaminas. Embora essa notícia tenha sido devastadora para mim e para toda a equipe, eu estou com a consciência tranquila de que jamais fiz uso de qualquer coisa para obter vantagem no esporte", disse Welder Knaf.
Publicidade
"Procurei imediatamente minha médica e ainda na sexta-feira (20) e ela protocolou o pedido de autorização de uso terapêutico, incluindo todo meu histórico médico, meus exames, bem como o respaldo técnico justificando o tratamento. Posso garantir que não fiz absolutamente nada de errado e os que convivem comigo são testemunhas disso. Treino e participo das competições há quase 20 anos e não seria agora que mudaria a minha conduta", completou.
Nesta ocasião, o código antidoping permite o uso de substância listadas como proibidas, mas como exceção, com apresentação e aprovação junto ao órgão competente. Por outro lado, a Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, de uma Autorização de Uso Terapêutico (AUT), o que o atleta fez só agora, depois do resultado positivo.