Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos

Cristiano Ronaldo vê como distante chance de jogar no Brasil, mas não descarta: 'Tudo é possível'

Craque português não escondeu o carinho que tem pelo país e pelos brasileiros

Cristiano Ronaldo Foto: OLI SCARFF/AFP

Cristiano Ronaldo não descartou a possibilidade de atuar por um clube brasileiro no final de sua carreira. O tema surgiu após Marcos Braz, dirigente do Flamengo, divulgar uma foto com a mãe do jogador. Em entrevista à ESPN, o astro português de 36 anos demonstrou admiração pelo Brasil e, apesar de dizer que jogar no país está longe dos seus planos, avaliou que é possível
"Jogar, ninguém sabe. Ninguém dizia que eu ia voltar ao Manchester (United) com 36 anos, e aqui estou. Jogar no Brasil? Não sei. Está longe dos meus pensamentos. Mas no futebol tudo é possível, não sei", afirmou o atacante português.
Cristiano Ronaldo dividiu vestiários com diversos companheiros brasileiros ao longo de sua carreira. Ele possui grande amizade com o lateral-esquerdo Marcelo, com quem jogou junto durante nove anos pelo Real Madrid. Atualmente, o português atua ao lado do volante Fred e do também lateral-esquerdo Alex Telles no Manchester United.
Na entrevista, Cristiano Ronaldo ainda demonstrou carinho pelo Brasil, considerado por ele um "país irmão". "O que eu posso dizer, com certeza absoluta, é que o Brasil é um país irmão. Pela relação que tenho com colegas meus, pela cultura, os brasileiros que vivem em Portugal. Minha irmã vive no Brasil, casada com brasileiro. Faço meus cursos de nutrição com brasileiros. É um país que tenho muita consideração, sei muito sobre o Brasil", disse.
Enquanto negociava a contratação de um novo treinador para o Flamengo, o diretor de futebol Marcos Braz esteve em Portugal e viralizou uma foto tirada ao lado da mãe de Cristiano Ronaldo, Dolores Aveiro. Na oportunidade, Marcos ainda brincou: "Convencimento começa pela família".
Você pode gostar
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor.

Cristiano Ronaldo vê como distante chance de jogar no Brasil, mas não descarta: 'Tudo é possível' | Esporte | O Dia
Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos

Cristiano Ronaldo vê como distante chance de jogar no Brasil, mas não descarta: 'Tudo é possível'

Craque português não escondeu o carinho que tem pelo país e pelos brasileiros

Cristiano Ronaldo Foto: OLI SCARFF/AFP

Cristiano Ronaldo não descartou a possibilidade de atuar por um clube brasileiro no final de sua carreira. O tema surgiu após Marcos Braz, dirigente do Flamengo, divulgar uma foto com a mãe do jogador. Em entrevista à ESPN, o astro português de 36 anos demonstrou admiração pelo Brasil e, apesar de dizer que jogar no país está longe dos seus planos, avaliou que é possível
"Jogar, ninguém sabe. Ninguém dizia que eu ia voltar ao Manchester (United) com 36 anos, e aqui estou. Jogar no Brasil? Não sei. Está longe dos meus pensamentos. Mas no futebol tudo é possível, não sei", afirmou o atacante português.
Cristiano Ronaldo dividiu vestiários com diversos companheiros brasileiros ao longo de sua carreira. Ele possui grande amizade com o lateral-esquerdo Marcelo, com quem jogou junto durante nove anos pelo Real Madrid. Atualmente, o português atua ao lado do volante Fred e do também lateral-esquerdo Alex Telles no Manchester United.
Na entrevista, Cristiano Ronaldo ainda demonstrou carinho pelo Brasil, considerado por ele um "país irmão". "O que eu posso dizer, com certeza absoluta, é que o Brasil é um país irmão. Pela relação que tenho com colegas meus, pela cultura, os brasileiros que vivem em Portugal. Minha irmã vive no Brasil, casada com brasileiro. Faço meus cursos de nutrição com brasileiros. É um país que tenho muita consideração, sei muito sobre o Brasil", disse.
Enquanto negociava a contratação de um novo treinador para o Flamengo, o diretor de futebol Marcos Braz esteve em Portugal e viralizou uma foto tirada ao lado da mãe de Cristiano Ronaldo, Dolores Aveiro. Na oportunidade, Marcos ainda brincou: "Convencimento começa pela família".
Você pode gostar
Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor.