Flamengo e Palmeiras: clubes em patamares diferentes no futebol brasileiro
Flamengo e Palmeiras: clubes em patamares diferentes no futebol brasileiroAlexandre Vidal/Flamengo
Por O Dia
Se os clubes se dedicassem na área profissional exclusivamente ao futebol, já seria difícil. Imagine tendo que arcar com as despesas dos esportes não rentáveis, que eram amadores, contando apenas com o que arrecadam nas fontes que não produzem o necessário. O modelo associativo brasileiro afasta investidores ao constatarem dívidas que em alguns casos superam a casa de R$ 1 bilhão. Para tentar equilibrar as contas, alguns clubes trabalham a garotada na base na expectativa do nascimento de estrelas que possam render em vendas para o exterior, única forma de reduzir os prejuízos mesmo sem equilibrar a balança. Com a pandemia, a coisa se agravou, a distância técnica entre os que sofrem menos porque ainda têm folego, tipo Flamengo, Palmeiras e Grêmio, por exemplo, e os que estão com a água no nariz é cada vez maior, tornando as competições previsíveis e pouco atrativas. Tempos difíceis para o futebol brasileiro.
SUPERCOPA
Publicidade
Flamengo, campeão brasileiro, e Palmeiras, campeão da Copa do Brasil, disputarão em jogo único, domingo, em Brasília, a Supercopa do Brasil. Para atender a compromissos comerciais com a televisão portuguesa, o jogo será às 11h para adequação ao fuso horário. Além da taça, o vencedor embolsará R$ 5 milhões. Bom teste para ambos,: a 'Cavalaria Rubro-Negra' do Rogério Ceni diante do 'Verdão Romântico Pragmático' do Abel Ferreira.
PEDALADAS
Publicidade
O Flamengo e o Volta Redonda lutam pelo primeiro lugar faltando três rodadas para as semifinais do Cariocão. É o novo normal.
O Corinthians treinou ontem sem saber se jogaria hoje, onde, com quem e a que horas. O futebol paulista está bem enrolado.
Publicidade
A possibilidade de desistência de países participantes assusta os organizadores da Olimpíada de Tóquio.
BOLA DENTRO
Publicidade
Renato Gaúcho, afastado por testar positivo para a covid-19, segue comemorando mais uma vitória em Gre-Nal, erguendo brindes, mesmo que seja com xarope.
BOLA FORA
Publicidade
Com a partida resolvida, jogadores de Flamengo e Madureira se envolveram em confusão, ofensas, empurrões e depois saíram de campo como se nada tivesse acontecido.