Sandro nos tempos de Botafogo
Sandro nos tempos de BotafogoDivulgação
Por Pedro Logato
Rio - Ex-zagueiro e ídolo da torcida do Botafogo, Sandro, acredita que um dos fatores decisivos para o rebaixamento do Glorioso foram os erros cometidos pela diretoria anterior comandada por Nelson Mufarrej. Em conversa com o Jornal O Dia, o ex-defensor falou sobre as decisões tomadas pelos cartolas alvinegros e saiu em defesa de, Túlio Lustosa, que foi demitido pelo clube carioca neste sábado da função de gerente de futebol.
"Faltou planejamento, faltou profissionalismo, contratações erradas, mudança de treinadores. Trouxeram o Túlio para ser escudo e acabam queimando o profissional, porque ele é um cara direito. Trouxeram ele em uma situação já complicada", afirmou Sandro, que atuou com Túlio no Botafogo durante as temporadas de 2003 e 2004.
Publicidade
Um dos momentos mais importantes e determinantes para a queda do Botafogo foi, segundo Sandro, a demissão do treinador Bruno Lazaroni. Na opinião do ídolo alvinegro, a diretoria acabou comprometendo toda a temporada quando tomou aquela decisão.
Publicidade
"Eu duvido que o Túlio iria tirar o Bruno Lazaroni. Mas até o Montenegro queria ir para o banco de reservas. Eu duvido que se tivessem mantido o Bruno Lazaroni na equipe, o Botafogo não teria revertido aquela situação em Cuiabá. Todas essas coisas prejudicaram o clube e isso não pode acontecer novamente com o clube na próxima temporada", opinou.
Na opinião de Sandro, a diretoria anterior também errou na montagem do elenco alvinegro. Segundo ele, não houve uma análise de critério técnico para fechar a contratação dos jogadores do clube de General Severiano.
Publicidade
"A gente vê situações bizarras, nada contra os jogadores, mas o errado é quem contrata. Atletas sem condições de jogar no Botafogo e sendo contratados por amizades e por relações com os empresários. Eu acho que a torcida deveria cobrar mais isso da diretoria", disse.