Rogério Ceni
Rogério CeniMarcelo Cortes / Flamengo
Por O Dia
Há uma discussão no futebol brasileiro sobre o termo "rivalidade". Muitos alegam que rival é aquele que está no mesmo estado. Por exemplo: em São Paulo, o grande rival do Palmeiras é o Corinthians. No Rio, o arquirrival do Flamengo é o Vasco e, para alguns, o Fluminense também ocupa esse posto. Mas a discrepância do Porco e do Rubro-Negro no momento, comparados aos rivais, faz com que a Supercopa do Brasil abrigue os grandes adversários do futebol brasileiro nos últimos cinco anos. Flamengo e Palmeiras dividiram os grandes pódios do Brasil e da América. Contaram com provocações de seus jogadores. E, para quem cisma que é um absurdo times de outros estados terem rivalidade acima do normal, lembro que um dos maiores clássicos do planeta é disputado por Barcelona e Real Madrid. Para amanhã, acredito que, mesmo com a equivalência de títulos nos últimos anos, o Fla seja superior ao Alviverde no campo e no mano a mano. Rivais, sim, e que vão protagonizar uma das partidas mais importantes de 2021 em território nacional.
 
Publicidade
RESPEITEM O FLUMINENSE TAMBÉM
Após o sorteio da Libertadores, vi muita gente dizendo que o Fluminense não se deu bem. River Plate-ARG, Santa Fé-COL e Junior Barranquilla-COL ou Bolívar-BOL. São equipes qualificadas, mas, tirando o River Plate, cravo que não tem nenhuma equipe melhor do que o Fluminense no grupo. Eles têm que respeitar o Tricolor e, ainda mais nos jogos em casa, tenho certeza de que o time de Roger Machado (foto) vai se dar bem na competição. Confiança!
Publicidade
NÃO É FÁCIL, MAS É O FLA
Publicidade
No grupo G da Libertadores, o Flamengo vai enfrentar LDU-EQU, Vélez Sarsfield-ARG e Unión La Calera-CHI. Não tem nenhum "cego de bola", mas o Rubro-Negro é um dos três melhores times da América do Sul. Estamos falando de um dos dois últimos campeões, que tem uma equipe milionária e qualificada. Ficou ruim para eles. O que não pode faltar é respeito. Esse time conhece os caminhos.
Publicidade
MERCADO PARA SUBIR
O Vasco apresentou o goleiro Vanderlei e chegou a seis contratações na temporada 2021: além do veterano, Zeca, Marquinhos Gabriel, Ernando, Léo Jabá e Morato. O mercado é bom o suficiente para o Gigante da Colina sonhar com uma vaga e até o título da Série B. Mudou a perspectiva da torcida em relação ao time rebaixado. Acredito que falte um zagueiro, um meia e um atacante reserva para Cano, mas o time de 2021 já é melhor do que o do ano passado.
Publicidade