Presidente do Corinthians acusa Guerrero de repetir 'saída pelos fundos' no Flamengo

Segundo Andrés Sánchez, atacante peruano está tentando 'vender seu passe'

Por O Dia

Guerrero teve contrato com o Flamengo suspenso
Guerrero teve contrato com o Flamengo suspenso - Gilvan de Souza/Flamengo

São Paulo - Mesmo sem jogar no Flamengo, o atacante Paolo Guerrero pode estar tentando forçar sua saída do clube, segundo a opinião do presidente do Corinthians, Andrés Sánchez, que deu a entender que o peruano já fez o mesmo no time paulista.

O dirigente afirma que o Corinthians não tem interesse em recontratar o atacante, que viveu boa passagem pela capital paulista e é considerado ídolo da torcida, principalmente por conta do gol do título mundial, contra o Chelsea.

"Ele (Guerrero) quer revender o passe dele, o contrato acaba em agosto (Flamengo), está fazendo com o Flamengo o que fez com a gente. Ele que vá no Peru e revende lá", disse, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Por conta de sua suspensão por doping, Guerrero está fora dos gramados até o mês de maio deste ano. A Agência Mundial Antidoping (Wada) ainda tenta recorrer e prolongar a punição para um ano.

Comentários