Ação de Abel Braga contra dirigente do Flamengo cobra R$ 50 mil por danos morais

Treinador disse que pretende doar o valor para as famílias das vítimas do Ninho

Por O Dia

Abel Braga
Abel Braga -
Rio - O técnico Abel Braga oficializou a ação judicial contra o vice-presidente de relações institucionais do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, o Bap. Segundo o "UOL", Abel cobra o valor mínimo R$ 50 mil do dirigente por danos morais. O valor recebido, segundo o técnico, será doado às famílias das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu.
A ação foi motivada por conta de uma entrevista recente de Bap, onde o dirigente afirmou que, em alguns momentos, Abel parecia estar "bêbado ou drogado" no comando da equipe rubro-negra.
“A gente achava e discutia, que ele deveria estar de sacanagem. A gente pensava, ou ele bebeu, ou estava drogado”, disse o dirigente ao blog "Ser Flamengo".

Comentários