Comunicado!
Comunicado!Foto: divulgação
Por Lili Bustilho
Nas redes sociais e nas ruas, alguns moradores de Cardoso Moreira, no Noroeste Fluminense, dividem opiniões em relação ao impasse entre o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (CREMERJ) e a prefeita, Geane Cordeiro Vincler, após um entrevista polêmica que cita a categoria apontando uma possível falha no atendimento municipal.
O CREMERJ emitiu no fim de semana uma nota de repúdio às declarações emitidas pela prefeita que segundo o Conselho, atribuiu as deficiências no atendimento da saúde pública da cidade, a suposta preguiça e falta de interesses dos médicos da região. O CREMERJ esclareceu que "é inadequado culpar os colegas pelos problemas enfrentados pelo SUS, quando o correto seria homenageá-los pela disposição em prestar serviços à população no ambiente complexo da saúde pública".

O comunicado acrescenta que "Portanto, o Conselho repudia as declarações da prefeita, e solicita publicamente que ela se desculpe com os médicos que foram ofendidos. O CREMERJ irá ingressar com ação de dano moral coletivo em desfavor da prefeita."
Publicidade
No vídeo da entrevista que causou a polêmica e repúdio do Conselho, é possível escutar a colocação da prefeita com relação ao atendimento médico na cidade: “Todas as postagens nos quais as pessoas estão reclamando em relação ao atendimento, eles não reclamam do atendimento, na recepção, triagem, apenas do atendimento do médico, que as vezes não quer atender, faz corpo mole. Eu e o Secretário de Saúde estamos conversando individualmente com os médicos porque a gente precisa fazê-los entender que eles estão ali para trabalhar e não ir para o hospital para dormir, até porque em outros hospitais eles não vão para dormir, por que em Cardoso tem que ser diferente?”.
Com a saída do Dr. Sérgio Henrique Allemand da Secretária Municipal de Saúde alegando motivos pessoais, quem passou a ocupar a pasta é a advogada Ângela Campos Braga. A nova secretáriaestava atuando como Subprocuradora na área da saúde. Ela é advogada, com graduação em Direito pela Universidade Cândido Mendes, e em Administração de Empresas, pela Universidade de Santo Amaro, pós-graduada em Direito Eleitoral, Auditoria da Saúde, Direito Administrativo e Licitações. Dra. Ângela possui 15 anos de experiência na docência, ministrando aulas para jovens e adultos, nas disciplinas Empreendedorismo e Gestão Empresarial, além de ter sido Coordenadora de Cursos da Universidade de Santo Amaro.
Publicidade
O DIA tentou contato com a prefeita, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.