As inscrições acontecem na sede do CRAS situada à Avenida Boa Fortuna, 142, ao lado da igreja Sagrado Coração de Jesus.
As inscrições acontecem na sede do CRAS situada à Avenida Boa Fortuna, 142, ao lado da igreja Sagrado Coração de Jesus.Foto: divulgação
Por Lili Bustilho
ITAPERUNA - As aulas de violão e libras ministradas pelo projeto "Primeiro Acorde" do 29° Batalhão de Polícia Militar (Itaperuna-RJ) tiveram início nesta quinta-feira, 10, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Aeroporto, em Itaperuna, no Noroeste Fluminense. A ação na referida unidade foi possível por meio da parceria firmada, neste ano, pelo comandante do Batalhão, tentente-coronel PM Ricardo Alexandre da Cruz Aguiar, com a prefeitura.


Fortalecendo a inclusão social em libras, o desenvolvimento da arte da música e buscando motivar crianças a partir de 12 anos, as atividades acontecem toda quinta-feira, sendo uma turma das 9h às 11h e outra das 13h30 às 16h, com o 2° sargento PM Aéber, professor e idealizador do projeto há 5 anos. As inscrições acontecem na sede do CRAS situada à Avenida Boa Fortuna, 142, ao lado da igreja Sagrado Coração de Jesus.


Os instrumentos são fornecidos pela prefeitura; cada aluno utiliza o mesmo violão durante toda a aula e ao término devolve ao CRAS que cuida da higienização. São tomadas todas as medidas de segurança e distanciamento exigidas no enfrentamento à Covid-19, além do uso de máscara de proteção e álcool em gel. O projeto ocorre também com a supervisão da coordenação do CRAS e a Secretaria Municipal de Ação Social.

Desde 2017, o 2° sargento PM Aéber atende duas escolas municipais por meio da parceria do Batalhão com as direções das unidades. As aulas do 'Primeiro Acorde' seguem suspensas no colégio estadual Rotary e nas escolas Dr. José Bastos França (em Raposo); Oscar Jerônimo; Buarque de Nazareth e Santa Paz (em Raposo). Devido a pandemia, nesses locais, os responsáveis devem aguardar a divulgação da autorização para o retorno do projeto.
Na reunião ocorrida no início de março para traçar os últimos detalhes participaram junto ao professor Aéber a coordenadora do CRAS, Fabiana Beloto de Oliveira; a coordenadora da Proteção Social Básica, Mariana Bartholazzi e a facilitadora de música Talyta Zitalena.
Publicidade
Parceria do 29° Batalhão de Polícia Militar (Itaperuna-RJ) com a prefeitura.  - Foto: divulgação
Parceria do 29° Batalhão de Polícia Militar (Itaperuna-RJ) com a prefeitura. Foto: divulgação
Fortalecendo a inclusão social em libras e desenvolvendo a arte da música.  - Foto: divulgação
Fortalecendo a inclusão social em libras e desenvolvendo a arte da música. Foto: divulgação
Publicidade
O projeto ocorre também com a supervisão da coordenação do CRAS e a Secretaria Municipal de Ação Social.  - Foto: divulgação
O projeto ocorre também com a supervisão da coordenação do CRAS e a Secretaria Municipal de Ação Social. Foto: divulgação
Fortalecendo a inclusão social em libras e desenvolvendo a arte da música.  - Foto: divulgação
Fortalecendo a inclusão social em libras e desenvolvendo a arte da música. Foto: divulgação