Nesta quinta-feira (29), receberam a dose de reforço os idosos de 67 anos, que foram vacinados com a primeira dose no dia 7 de abril.
Nesta quinta-feira (29), receberam a dose de reforço os idosos de 67 anos, que foram vacinados com a primeira dose no dia 7 de abril.Foto: Moisés Bruno.
Por Bertha Muniz
MACAÉ - A cidade de Macaé, no Norte Fluminense, concluiu nesta semana a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 no grupo de idosos. O anúncio foi feito pela prefeitura, por meio de nota, nesta quinta-feira (24). De acordo com os dados, todas as pessoas que se cadastraram com 60 anos ou mais foram vacinadas contra o novo coronavírus na Capital do Petróleo. A partir de agora, quem está nessa faixa etária não precisa mais esperar um dia específico para procurar as unidades de saúde, podendo se vacinar a qualquer tempo.

Nesta quinta-feira (29), receberam a dose de reforço os idosos de 67 anos, que foram vacinados com a primeira dose no dia 7 de abril. Este grupo vai receber a vacina da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan. Na sexta-feira (30), os idosos de 66 e 65 anos também irão receber a segunda dose.
Para agilizar o atendimento e evitar aglomeração é importante que o idoso tenha em mãos os seguintes comprovantes: cartão da primeira dose, o código (QR code) de cadastro no site oficial da prefeitura (vacina.macae.rj.gov.br), documento de identificação e de residência.

Segunda dose - Como vem respeitando as orientações da Secretaria Estadual de Saúde em reservar as doses das vacinas contra a Covid-19 destinadas ao reforço, o município segue com o calendário, obedecendo os prazos definidos pelos fabricantes dos imunizantes.
Publicidade

A gerente de Vigilância em Saúde, Elenice Sales, explica que a Secretaria de Saúde está utilizando as doses conforme o envio dos lotes do governo do Estado, que define a divisão entre as doses 1 e doses 2. "Até o momento, o município não registrou déficit na campanha de imunização contra a Covid-19 por seguir sempre as orientações da Secretaria Estadual de Saúde”, disse.