Mais Lidas

Polícia prende criminosos após tentativa de assalto a banco

Os policiais recuperaram R$ 40.828 que tinham sido roubados do banco e apreenderam ferramentas usadas no crime

Por O Dia

Polícia apreendeu dinheiro roubado por assaltantes
Polícia apreendeu dinheiro roubado por assaltantes -

Rio - Dois homens foram presos na manhã desta segunda-feira após tentarem assaltar um agência bancária na Rua Visconde de Sepetiba, no bairro de Santa Cruz, na Zona Oeste da cidade. Os policiais do 27º BPM (Santa Cruz) recuperaram R$ 40.828 que tinham sido roubados do banco e apreenderam ferramentas usadas no crime. 

Os criminosos foram presos em flagrante pelos policiais e com o dinheiro roubado. Uma enorme quantidade de ferramentas foram encontradas com os dois, entre eles jalecos, macacão, capacete, cinco pés de cabra, uma escada articulada, serras, 11 chaves de fenda, fechaduras de portas blindex, entre outros materiais. Em uma mochila havia um dispositivo bloqueador de alarmes. O caso foi registrado na 36ª (Santa Cruz), que vai investigar o crime.

PM morto em assalto a banco a Madureira é enterrado

Sob forte comoção foi enterrado na manhã deste domingo no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste, o corpo do subtenente reformado da PM Ubijarara Pereira dos Santos. Ele foi morto durante uma tentativa de assalto com reféns ao banco Santander, em Madureira, na Zona Norte, na última sexta-feira.

Ubirajara tinha 59 anos, era casado e deixou três filhos. O PM reformado estava na agência quando os quatro suspeitos anunciaram a tentativa de assalto que culminou com 36 pessoas reféns. Houve uma intensa troca de tiros e o subtenente acabou sendo baleado. Socorrido para o Hospital Estadual Carlos Chagas, na Penha, não resistiu e acabou morrendo. Além dele, o líder do bando Luiz Antônio Benjamim da Silva também morreu.

De acordo com investigações da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital, o roubo ao banco Santander da Rua Maria de Freitas, em Madureira, na Zona Norte do Rio, foi arquitetado dentro da Penitenciária Gabriel Ferreira Castilho, Bangu 3, no Complexo de Gericinó. Segundo o delegado Phelipe Cyrne, que investiga o caso, os quatro bandidos envolvidos na ação estavam presos juntos, e assim planejaram toda a ação durante o período em que cumpriam pena por outros crimes. Tudo começou quando Luiz Antônio Benjamim da Silva chamou Jailton Machado de Oliveira, Salmo Sizinho Ramaldes da Rocha Marques, Renato de Siqueira Ferreira para cometerem o crime.

Os quatro bandidos não dividiam a mesma cela, mas se encontravam diariamente durante o banho de sol e durante as partidas de futebol dentro complexo penal. No começo deste ano, após os quatro receberem liberdade, eles decidiram que cometeriam o primeiro crime juntos.

Galeria de Fotos

Ferramentas usadas no roubo ao banco foram apreendidas. Os criminosos também tinham bloqueadores de alarmes Divulgação
Ferramentas usadas no roubo ao banco foram apreendidas. Os criminosos também tinham bloqueadores de alarmes Divulgação
Polícia apreendeu dinheiro roubado por assaltantes Divulgação/Polícia Militar
Polícia apreendeu dinheiro roubado por assaltantes Divulgação/Polícia Militar
Polícia apreendeu dinheiro roubado por assaltantes Divulgação/Polícia Militar

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários