Mais Lidas

Polícia retira bases da UPP na Vila Kennedy

Segundo a corporação, ação faz parte de um reposicionamento estratégico da atuação policial na comunidade

Por O Dia

No dia 15 de junho houve uma invasão bem-sucedida ao Morro da Coroa (TCP) por traficantes do CV, oriundos do Fallet/Fogueteiro. O TCP tenta retomar a região. Em 2018, as UPPs da região foram extintas devido ao fracasso do programa.
No dia 15 de junho houve uma invasão bem-sucedida ao Morro da Coroa (TCP) por traficantes do CV, oriundos do Fallet/Fogueteiro. O TCP tenta retomar a região. Em 2018, as UPPs da região foram extintas devido ao fracasso do programa. -

Rio - O comando da Polícia Militar iniciou nesta sexta-feira um reposicionamento estratégico da atuação policial na comunidade da Vila Kennedy, na Zona Oeste do Rio. Participam da ação agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local, da Unidade de Engenharia, Demolição e Transporte (UEDT) do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). 

Nesta ação, alguns contêineres, que serviam como bases para postos policiais avançados, estão sendo removidos. Dois deles já foram retirados na localidade das Malvinas, na parte da manhã, e mais dois serão removidos na localidade da Garganta durante a tarde. A retirada é o ponto inicial de uma nova estratégia de atuação mais dinâmica e efetiva, informou a PM. Os contêineres removidos estão sendo encaminhados temporariamente para o 14º BPM (Bangu).

Ação comunitária no sábado

A Vila Kennedy receberá, neste sábado das 8h às 16h, uma ação comunitária. Entre os serviços oferecidos estão a emissão de documentos, regularização do serviço militar, orientação jurídica, assistência a mulheres e idosos, assistência médica e odontológica, vacinação e recreação.

Segundo o Comando Conjunto, em coordenação com a Secretaria de Estado de Segurança, o objetivo é contribuir para a inclusão social e para a promoção da cidadania dos moradores daquela comunidade e fazem parte do contexto das medidas implementadas pela Intervenção Federal na Segurança Pública. 

Ação após polêmica

A ação comunitária na Vila Kennedy acontece uma semana depois dos quiosques da Praça Miami terem sido derrubados durante uma ação da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop). Na ocasião, a derrubada, que segundo os moradores não foi avisada com antecedência, causou comoção, já que os comerciantes alegam que tentavam há anos legalizar a situação dos quiosques junto à Prefeitura. Após a repercussão, a Prefeitura apresentou um plano de reparação com novas barracas e a criação de uma linha de crédito especial para o grupo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários