Mais Lidas

Uma criança e dois adultos morrem em troca de tiros entre policiais e bandidos no Alemão

A vítima mais nova, de dois anos, foi atingida por um tiro na cabeça; confronto aconteceu na favela Nova Brasília

Por O Dia

Benjamin foi atingido na cabeça em confronto entre policiais e bandidos no Alemão
Benjamin foi atingido na cabeça em confronto entre policiais e bandidos no Alemão -

Rio - Uma criança de um ano e sete meses, identificada apenas como Benjamin, Maria Lúcia da Costa, de 58 anos, e José Roberto Ribeiro da Silva, também de 58 anos, foram mortas na noite desta sexta-feira, em um tiroteio entre policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília e bandidos do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. Benjamin, que estava em um carrinho de bebê, foi atingido na cabeça.

O confronto entre os agentes e os criminosos durou cerca de 40 minutos. A ação começou quando quatro traficantes armados de fuzis, que estavam em um carro branco, roubado, avistaram uma viatura da Polícia Militar na Rua Nova Brasília e fizeram disparos contra eles. Três bandidos ficaram feridos. Segundo a polícia, dois deles conseguiram fugir para o interior da comunidade. O terceiro foi socorrido para o hospital e está sob a custódia da polícia.  Foram apreendidos um fuzil calibre 5.56, um revólver calibre 38, quatro carregadores de fuzil, munições e pequena quantidade de entorpecentes ainda a ser contabilizada, além do veículo roubado que os criminosos estavam. 

Carro apreendido por policiais da UPP Nova Brasília durante ação no Complexo do Alemão - Divulgação / Polícia Militar

A mãe de Benjamin, Paloma Maria Novaes, 29, foi atingida de raspão na barriga e no braço. A avó dele, Angela Maria de Novaes, também teve ferimentos leves. Uma terceira vítima, Daniel Alves de Carvalho, 26, foi atingida na barriga e passou por uma cirurgia. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, seu estado de saúde é estável. Um outro menino, de 11 anos, também deu entrada no Posto Médico de Del Castilho, atingido na perna.

Indignação

Em fotos que circulam na Internet, a avó de Benjamin aparece no local do crime revoltada com a morte do neto.

Criança morre em confronto entre policiais e bandidos na favela Nova Brasília - Reprodução / Twitter

Todos os baleados foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão e, depois, foram transferidos para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha. De acordo com a PM, a UPA do Alemão foi depredada por moradores. Os policiais chegaram a fechar a unidade por causa da confusão.

Confusão na UPA do Alemão após baleados e mortes na comunidade - Reprodução / A Voz das Comunidades

Um vídeo postado na Internet mostra a chegada dos feridos à UPA.

Por conta da ação, a Avenida Itaóca e a Estrada do Itararé foram parcialmente fechadas e tiveram o policiamento reforçado. O Batalhão de Choque (BPChq) foi enviado ao local para controlar a situação e desobstruir as vias.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Benjamin foi atingido na cabeça em confronto entre policiais e bandidos no Alemão Reprodução / Arquivo Pessoal
Polícia apreende carro roubado após confronto no Alemão Divulgação / Polícia Militar
Avó de Benjamin fica desolada após morte do neto Reprodução / Twitter
Policiais fecham a UPA do Alemão, após confronto na comunidade Reprodução / A Voz da Comunidade
Confusão na UPA do Alemão após baleados e mortes na comunidade Reprodução / A Voz das Comunidades