Chefe do tráfico em comunidades de Macaé e do Morro do Urubu é preso no Espírito Santo

Luiz Carlos Moraes de Souza, que é conhecido como "Monstro", estava em condomínio de luxo na cidade. A Justiça tinha cinco mandados de prisão em aberto contra ele

Por O Dia

Suspeito de chefiar o tráfico de drogas em comunidades do Rio é preso no Espírito Santo -

Rio - Um homem apontado pela polícia como chefe do tráfico de drogas de comunidades de Macaé, no Norte Fluminense, e do Morro do Urubu, em Pilares, foi preso em flagrante por associação ao tráfico de drogas, cerca de R$ 7,5 mil em espécie e drogas, na tarde de sexta-feira em Guarapari, no Espírito Santo. Ele estava em uma casa em numa das áreas mais nobres da região.

De acordo com a polícia, Luiz Carlos Moraes de Souza, que é conhecido como "Monstro", é apontado como chefe do tráfico nas comunidades de Malvinas e Nova Holanda, em Macaé, além do Morro do Urubu, na Zona Norte da capital. Contra o criminoso, a Justiça tinha cinco mandados de prisão em aberto.

 

O traficante foi surpreendido por policiais quando chegava na residência, alugada num dos locais mais nobres do litoral do Espírito Santo, a Praia do Morro, para escapar das operações policiais ocorridas no município de Macaé e no Morro do Urubu.

Sua prisão foi em uma operação conjunta da 5ª Delegacia Regional da cidade capixaba com coordenação da Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro (Ssinte), com apoio das polícias do Rio.

 

 

Galeria de Fotos

Suspeito de chefiar o tráfico de drogas em comunidades do Rio é preso no Espírito Santo Reprodução
Suspeito de chefiar o tráfico de drogas em comunidades do Rio é preso no Espírito Santo Reprodução

Últimas de Rio de Janeiro