Penteado de Neymar vira tendência em barbearias

Corte foi ironizado nas redes sociais

Por *Felipe Rebouças e Fernanda Soares

O barbeiro Álvaro, da barbearia Fábio Siqueira, adaptou ontem o corte de Neymar para o jovem Artur
O barbeiro Álvaro, da barbearia Fábio Siqueira, adaptou ontem o corte de Neymar para o jovem Artur -

Rio - Apesar do desempenho aquém do esperado na estreia do Brasil na Copa da Rússia, Neymar roubou a cena por um motivo alheio ao esporte. No empate de 1 a 1 contra a Suíça, o camisa 10 da Seleção ostentou um penteado exótico que foi destaque após a partida, sobretudo nas redes sociais. Embora a maioria dos comentários e memes relacionados às mechas louras do craque tenham sido em tom de gozação, há quem siga a tendência.

Fábio Siqueira, dono de barbearias na Vila da Penha e no Recreio, viu sua clientela crescer desde a aparição do novo corte de Neymar. "Crianças queriam pintar e cortar o cabelo para aderir à moda da Copa. A gente espera que até os próximos jogos a procura seja ainda maior. Ele, como craque, acaba motivando os fãs a darem um apoio dessa forma", ressaltou Siqueira, que já foi procurado por dez garotos para reproduzir o penteado.

A inovação capilar, no entanto, não é inédita nas copas. Em 2002, Ronaldo Fenômeno usou o 'topete do Cascão', como ficou popularmente conhecido o penteado, para desviar atenções de uma lesão na virilha e conquistar o último título em mundiais, com dois gols dele na final sobre a Alemanha.

O novo visual de Neymar não deu a mesma sorte, mas seu cabeleireiro e idealizador do look, Dailson Cardoso, o Nariko, acredita que valeu pela ousadia. "Ele sempre diz que se não ficar bom, raspa e pronto. Acho válido mudar e se divertir. Cabelo cresce", disse Nariko, que teve ajuda de Wagner Tenório no tratamento das madeixas. Ontem, no entanto, Neymar apareceu em fotos com cabelo mais curto.

O resultado do penteado no jogo despertou a ironia até de companheiros da bola, como o ex-jogador francês Eric Cantona, que colocou macarrão na cabeça e disparou na rede social: "Estilo Neymar. Espaguete al dente!".

*Estagiários sob supervisão de Cláudio Souza

Idolatria ao jogador também é estampada na pele

Seis meses de salários guardados foram necessários para o morador de Nova Friburgo, Wemerson Ramos Cordeiro, de 22 anos, tatuar a imagem de Neymar em suas costas. O fã do jogador garante que não tem remorso do gesto de idolatria.

"Não me arrependo. Vai ficar até o resto da minha vida. Meus filhos vão ver um cara que jogou bola nas minhas costas", vislumbrou o confeccionador de moda fitness.

"Quando cheguei em casa, minha mãe me chamou de doido. Mas valeu a pena, a sessão durou oito horas, doeu demais, mas ficou do jeito que eu queria" contou Wemerson.

O tatuador Rodrigo Catuaba, especialista em retratos realistas, revela que Neymar não foi o primeiro pedido inusitado. "Já fiz Juliana Paes, Paola Oliveira e Ivete Sangalo. Na semana que vem tem um cliente marcado para tatuar o Cristiano Ronaldo".

Galeria de Fotos

O barbeiro Álvaro, da barbearia Fábio Siqueira, adaptou ontem o corte de Neymar para o jovem Artur Daniel Castelo Branco
Wemerson afirma que a homenagem valeu a pena REPRODUÇÃO

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro