Agentes do Degase são atacados por grupo de internos e ficam feridos

Os dois tiveram que engessar os braços; um deles teve fratura e luxação em um dos membros

Por O Dia

Os dois agentes tiveram que engessar os braços
Os dois agentes tiveram que engessar os braços -

Rio - Dois agentes de segurança do Degase (Departamento Geral de Ações Socioducativas) foram feridos, na noite desta quarta-feira, por internos da Escola João Luis Alves, unidade de internação masculina, localizada na Ilha do Governador, na Zona Norte. Os funcionários foram atacados no momento em que trancavam as celas de um grupo de menores, quando os levavam de volta ao dormitório após o jantar.

De acordo com o Sindicato dos Servidores do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Sind-Degase), no momento da agressão, um dos agentes foi derrubado no chão, tendo um dos braços fraturado e luxação em um dos ombros. O outro se feriu nas mãos.

Os dois foram socorridos no Hospital Municipal Evandro Freire, ainda na Ilha, onde precisaram engessar os membros. De lá, eles foram para a Cidade da Polícia, no Jacaré, para registrar a agressão e, posteriormente, ao Instituto Médico Legal, onde realizaram exame de corpo de delito.

Os seguranças foram atacados após a janta desta quarta - Divulgação / Sind-Degase

Galeria de Fotos

Os dois agentes tiveram que engessar os braços Divulgação / Sind-Degase
Os seguranças foram atacados após a janta desta quarta Divulgação / Sind-Degase

Últimas de Rio de Janeiro