Disque Denúncia pede informações sobre quem matou pastor em Maricá

Fabrício da Silva Pimentel, de 40 anos, foi encontrado morto em uma área de mata

Por O Dia

Disque Denúncia pede informações sobre quem matou pastor em Maricá -

Rio - O Portal dos Procurados divulgou, nesta sexta-feira, um cartaz pedindo informações que possam levar a identificação e prisão dos envolvidos na morte do pastor Fabrício da Silva Pimentel, de 40 anos. Ele foi encontrado morto em uma área de mata em Maricá, na Região Metropolitana do Rio.

Fabrício estava desaparecido desde sexta-feira (18) e seu corpo foi achado na manhã da última segunda (21), em um matagal na Rua Chuí, em avançado estado de decomposição. Ele trabalhava como motorista de Uber e cumpria uma corrida para participantes de um acampamento religioso em Inoã antes de sumir. A Uber afirma que Fabrício não fez viagens para a empresa neste dia. 

Devido à falta de notícias, amigos e parentes começaram a divulgar o desaparecimento em várias redes sociais. O carro que ele dirigia foi localizado vazio na noite do domingo (20) em um difícil acesso em Inoã.

O caso segue sob a investigação da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), coordenados pela delegada Bárbara Lomba. Através de nota oficial, a especializada informou que “diligências estão em andamento em busca de informações que levem à autoria do crime”.

Quem tiver qualquer informação sobre a identificação e localização dos assassinos pode denunciar pelos seguintes canais: pela Mesa de Atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, pelo Whatsapp ou Telegram Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, ou pelo Aplicativo para celular do Disque Denúncia. O anonimato é garantido.

Comentários