Aos 93 anos, morre contraventor Turcão

Bicheiro era considerado um importante integrante da cúpula do jogo de azar que atua no estado do Rio

Por O Dia

Rio - O contraventor Antônio Petrus Kalil, conhecido como Turcão, morreu, nesta segunda-feira. O bicheiro, que tinha 93 anos, estava internado com pneumonia em um hospital de Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Ainda não há informações sobre a data e local de enterro dele.

Turcão já fora preso por envolvimento com a contravenção e era considerado um importante integrante da cúpula do bicho que atua no estado do Rio. Em 2007, o bicheiro foi um dos alvos da Operação Hurricane, da Polícia Federal.

De acordo com a polícia, a família do contraventor teria influência em áreas de Niterói e São Gonçalo, além dos municípios de Itaboraí, Rio Bonito, Silva Jardim, Saquarema e Araruama, na Região dos Lagos. Devido à idade, Turcão não estava mais à frente do jogo do bicho há alguns anos. 

 

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários