Preso quarto suspeito de envolvimento na morte de PM na Saara

Roberto Fernandes Pimentel Alves dirigia uma das motos que dava cobertura a outros criminosos que participaram do crime, no dia 14 de março

Por Meia Hora

Roberto Fernandes Pimentel Alves foi preso na Barra da Tijuca
Roberto Fernandes Pimentel Alves foi preso na Barra da Tijuca -

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DH) prenderam, nesta quinta-feira, o quarto suspeito de envolvimento na morte do PM Dirley José Cordeiro, de 76 anos. Roberto Fernandes Pimentel Alves, 37, dirigia uma das motos que dava cobertura a outros criminosos que participaram do crime, cometido no dia 14 de março na Saara. Roberto foi encontrado na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio.

Dirley era sargento da reserva e responsável pela segurança do comércio popular do Centro da cidade. Ele foi morto a tiros quando tentava impedir um assalto a uma loja da região.

Roberto foi o quarto preso por envolvimento no crime. Na última sexta, a DH capturou Gustavo Dutra dos Santos em uma operação contra os suspeitos. Na segunda, os irmãos Rafael e Renato do Nascimento Silva, também acusados de participação no assassinato, se entregaram à DH.

Sargento Dirley foi morto quando tentava impedir um assalto - Reprodução / Internet

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Roberto Fernandes Pimentel Alves foi preso na Barra da Tijuca Divulgação / Polícia Civil
Sargento Dirley foi morto quando tentava impedir um assalto Reprodução / Internet

Comentários