Câmara do Rio irá votar projeto que obriga instalação de gerador de energia elétrica em hospitais

Projeto de lei foi protocolado pelo presidente da Comissão de Saúde da Câmara do Rio, Vereador Dr. Jorge Manaia (SD)

Por O Dia

Hospital Municipal Albert Schweitzer. Realengo, Rio de Janeiro
Hospital Municipal Albert Schweitzer. Realengo, Rio de Janeiro -
Rio - A Câmara de Vereadores do Rio irá votar, na semana que vem, um projeto de lei que obriga hospitais, tanto da rede pública quanto privada, a instalar um gerador de energia elétrica dotado de sistema de acionamento automático e de autonomia funcional permanente, para ser usado em caso de queda de energia. 
O projeto foi protocolado pelo presidente da Comissão de Saúde da Câmara do Rio, Vereador Dr. Jorge Manaia (SD) e, caso seja aprovado, valerá para todos os hospitais que possuírem centro cirúrgico, centro obstetrício, unidade de tratamento intensivo, unidade coronária ou qualquer outra instalação que requeira a não interrupção de procedimentos de saúde. 
De acordo com Manaia, o projeto de lei tem como objetivo assegurar uma fonte de energia emergencial para a continuidade do funcionamento dos equipamentos utilizados nos atendimentos dos pacientes.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários