Jogador morto em Niterói será enterrado nesta terça-feira

Jovem chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Testemunhas afirmam que o adolescente foi baleado durante operação

Por O Dia

Dyogo Xavier Coutinho tinha 16 anos
Dyogo Xavier Coutinho tinha 16 anos -
Rio - O jogador de futebol Dyogo Xavier Coutinho, de 16 anos, morto durante uma operação na comunidade da Grota, em São Francisco, em Niterói, nesta segunda-feira, será enterrado no Cemitério São Francisco Xavier, em Charitas, também em Niterói, nesta terça-feira. 

De acordo com testemunhas, o adolescente foi baleado durante uma operação da Polícia Militar na comunidade do município da Região Metropolitana do estado. Dyogo tinha acabado de deixar sua casa e estava a caminho de um treino de futebol, quando foi baleado, no fim da manhã.

O jovem foi socorrido para a Policlínica do Largo da Batalha. De lá, seu corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) do Barreto.
Dyogo tinha duas irmãs, uma de 7 e outra de 10 anos, que até o início da noite não sabiam da morte do jogador. A família, evangélica, pretende fazer um culto no sepultamento do rapaz.

Comentários