Suspeito de matar delegado é morto durante confronto no Jacarezinho

Operação era para encontrar o próprio suspeito

Por O Dia

Delegado Fábio Monteiro
Delegado Fábio Monteiro -
Rio - Agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e do serviço reservado da Coordenadoria de Polícia Pacificadora realizaram uma operação conjunta, nesta terça-feira, para prender um homem suspeito de matar o delegado Fábio Monteiro, de 39 anos, em janeiro de 2018. Anderson Vinícius de Souza Fagundes Rocha, conhecido como "Remela", estaria atuando em um dos acessos da Rua Feira, na comunidade do Jacarezinho, Zona Norte do Rio, quando foi baleado e morto.
Segundo a Polícia Civil, a ação foi desencadeada a partir de informações de inteligência que indicavam que Anderson estaria atuando como "contenção" do tráfico de drogas em um dos acessos da comunidade do Jacarezinho. Durante a operação, ao perceberem a incursão policial, ele e outros dois comparsas atiraram contra os agentes e houve confronto. Ele foi baleado e socorrido para o Hospital Geral de Bonsucesso, mas não resistiu. A Delegacia de Homicídios foi acionada para a realização de perícia no local dos confrontos.
Homicídio em 2018
O delegado Fábio Monteiro, da Central de Garantias Norte (CG-Norte), na Cidade da Polícia, foi morto próximo a comunidade do Arará, na Zona Norte do Rio, no momento em que trafegava pela localidade conhecida como Buraco do Lacerda. O policial teria sido abordado por cinco homens armados e, posteriormente, foi encontrado morto por pedestres na mala de um carro.

Comentários