Crivella aguarda agendamento de laboratório para realizar exame de coronavírus

Assessores mais próximos ao prefeito também serão testados para detectar possível infecção pela doença

Por O Dia

Marcelo Crivella, prefeito do Rio, requisitou apoio militar para a chegada de novos aparelhos médicos
Marcelo Crivella, prefeito do Rio, requisitou apoio militar para a chegada de novos aparelhos médicos -
Rio - O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) já solicitou para ele a realização do exame de detecção do novo coronavírus (covid-19). De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Crivella está aguardando o laboratório agendar uma data para a realização da coleta do material. 
"Os assessores mais próximos a ele também serão testados", a SMS informou, em nota.
A decisão do prefeito de ser submetido ao exame foi tomada depois que três membros do alto escalão do governo municipal apresentarem suspeita da covid-19: a secretária municipal de Educação, Talma Suane; a superintendente de Vigilância em Saúde, a infectologista Patrícia Guttmann; e a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch, que testou positivo.
"Estivemos muito próximos desde o início desta crise", Crivella disse ontem, sobre os assessores. Desde então, o prefeito tem usado máscara durante as entrevistas e coletivas.
BEATRIZ BUSCH
A secretária de Saúde segue internada em um hospital particular da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do RioBusch deu entrada na unidade na noite de segunda-feira, após se sentir mal.
Segundo boletim médico da unidade de saúde, de ontem para a hoje, o quadro de saúde da secretária evoluiu bem, "com parâmetros clínicos de estabilidade, mantendo boa oxigenação, não necessitando de suplementação de oxigênio".

Comentários