PMs que agrediram jovem em shopping da Ilha prestaram depoimento

Advogado de sargento afirmou que 'não houve agressão'. Vítima, enfim, entregou o presente de Dia dos Pais

Por Yuri Eiras

O soldado da PM Diego Alves da Silva escondeu o rosto na saída 37ª DP
O soldado da PM Diego Alves da Silva escondeu o rosto na saída 37ª DP -
Rio - O policiais militares Gabriel Guimarães Sá Izaú e Diego Alves da Silva prestam depoimento na 37° DP (Ilha do Governador), na tarde desta segunda-feira. A dupla agrediu o jovem Matheus Fernandes, de 18 anos, no shopping Ilha Plaza, na última quinta-feira. Matheus esteve na loja Renner para trocar um relógio que daria de presente de Dia dos Pais, mas foi acusado de roubo e chegou a ter uma arma apontada na cabeça. Os PMs vão responder por racismo e abuso de autoridade.

Galeria de Fotos

Jovem agredido no Ilha Plaza Shopping diz que ficou sem dormir Arquivo pessoal
Jovem agredido no Ilha Plaza Shopping diz que ficou sem dormir Arquivo pessoal
Jovem agredido no Ilha Plaza Shopping diz que ficou sem dormir Arquivo pessoal
Momento em que jovem é agredido por policiais no Shopping Ilha Plaza Twitter / Reprodução
Na chegada, nem Gabriel, nem Diego falaram com a imprensa. Gabriel, que na ação chegou apontar uma arma na cabeça de Matheus, foi afastado do programa Segurança Presente. Em nota, a Polícia Militar afirmou que "foi aberto uma apuração sumária para verificar a conduta dos dois policiais militares sob a égide do regimento interno da Corporação, garantindo aos envolvidos amplo direito de defesa". A corporação afirmou ainda que "não compactua e pune com o máximo rigor desvios de conduta cometidos por seus membros".
Em nota, o Ilha Plaza confirmou que a empresa de consultoria de segurança, para quem Izaú e Alves trabalhavam, foi afastada. Em um comunicado anterior, o Ilha Plaza havia declarado que os policiais não prestavam serviços para o shopping.
'Não quero que passem o mesmo que fizeram comigo'
Em conversa com a reportagem, Matheus contou que teve um domingo "até tranquilo" e que, enfim, pôde entregar o presente para o pai. "Meu Dia dos Pais foi até tranquilo, sabe? Presenteei ele pela manhã, mesmo. Almoçamos juntos, vimos séries, mas todos aqui estávamos muito cansados. Não sei meus pais e meus irmãos, mas eu dormi até a noite", brincou o jovem, feliz pelo apoio que tem recebido nas redes sociais.
"Estou recebendo apoio de muita gente que nem imaginava. Agradeço a todos que estão do meu lado, fico bastante feliz por saber que estou sendo apoiado e ajudado. Nem quero que eles passem pela mesma coisa que fizeram comigo. É bastante desagradável".

Comentários