Policiais da 58ª DP (Posse) prenderam o suspeito de estuprar a enteada de 10 anos
Policiais da 58ª DP (Posse) prenderam o suspeito de estuprar a enteada de 10 anosDivulgação/PCERJ
Por O Dia
Rio - Policiais da 58ª DP (Nova Iguaçu) prenderam, nesta sexta-feira (05), um homem suspeito de estuprar a enteada de 10 anos, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Os policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça contra o suspeito. Investigações apontam que o crime ocorreu durante, pelo menos, um ano.
Segundo investigações da Polícia Civil, os abusos ocorreram na casa que a mãe da vítima dividia com o suspeito, a menina e outras duas filhas do casal. O homem esperava os momentos em que a mãe da criança não estava em casa para cometer o crime e ameaçava a menina para que não falasse com ninguém sobre o que estava acontecendo.
Publicidade
Após uma série de abusos, a criança revelou os abusos e chegou a escrever cartas e desenhar descrições do que acontecia quando estava com o autor do crime. Quando a mãe soube, decidiu procurar a delegacia e pedir ajuda.
A menina foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML), onde realizou o exame que lesões, indicando violência sexual. O fato foi comunicado ao Conselho Tutelar, que passou a acompanhar a família. Em novo depoimento na delegacia, a mãe revelou que também foi vítima de violência sexual, psicológica e física durante o período de convívio com o suspeito.
Publicidade
"Foi apurado, ainda, que o acusado costumava ameaçar a esposa e os demais membros da família com uma arma de fogo. Diante do exposto, tendo em vista o grande risco que as vítimas corriam, foi pedida a prisão do autor, que foi deferida pela Justiça", explicou o titular da 58ª DP, delegado Willians Batista.
Segundo o delegado, o suspeito já apresentava histórico criminal por violência doméstica.