Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Publicidade

Governador e prefeitos do Rio e de Niterói não entram em consenso sobre novas medidas de restrição

Um dos assuntos mais discutidos pelos governantes foi a antecipação do feriado de Páscoa. Nova reunião da Prefeitura do Rio com o Comitê Científico deve ser realizada nesta segunda-feira

Governador se reuniu com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o prefeito de Niterói, Axel Grael, no Palácio Laranjeiras
Governador se reuniu com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o prefeito de Niterói, Axel Grael, no Palácio LaranjeirasRogerio Santana
Por O Dia
Rio - O governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o prefeito de Niterói, Alex Grael, se reuniram, na manhã deste domingo (21), no Palácio Laranjeiras, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio, para discutir novas medidas de restrição em combate à pandemia da covid-19, no entanto, nenhuma decisão foi tomada. Um dos assuntos mais discutidos pelos governantes foi a antecipação do feriado de Páscoa, que começaria no dia 26 de março e terminaria no dia 04 de abril, mas a pauta também ainda não foi aprovada. Nesta segunda-feira (22), Paes e Grael anunciaram uma entrevista coletiva na cidade de Niterói, em que novas medidas devem ser anunciadas para os municípios.
Segundo a assessoria do governo do estado, não há informações sobre o motivo pelo qual o martelo ainda não foi batido sobre as novas medidas restritivas.
Publicidade
Uma nova reunião da Prefeitura do Rio com o Comitê Científico deve ser realizada, nesta segunda-feira (22), para decidir se as medidas de restrição vão ser ampliadas na cidade do Rio. 
"Na segunda (amanhã) espero anunciar novas medidas em consonância com o governo do estado. Na cidade do Rio elas virão. Nosso foco é na Ciência e em salvar vidas. Entendemos a complexidade das nossas decisões mas esse é um momento de solidariedade e empatia", escreveu Paes no Twitter.
Publicidade
Impasse entre os governantes
reunião que aconteceu na sexta-feira (19), no Palácio Guanabara, com o governador em exercício, Cláudio Castro, e os prefeitos Paes e Grael também terminou sem acordo. Os prefeitos defenderam medidas mais duras para conter o avanço da covid-19. Mas, os demais prefeitos não chegaram a um consenso. Paes já adiantou que quer antecipar os feriados de abril, o que daria 10 dias sem atividades, abrangendo apenas serviços essenciais.
Publicidade
Após a reunião, Paes usou suas redes sociais para comentar o encontro. "Não dá para se imaginar uma situação crítica na rede pública da cidade sem que o mesmo se repita nos demais municípios. Quero lembrar que todos os nossos leitos são regulados pelo governo do Estado, como deve ser em um sistema como o SUS. E assim desejamos manter", disse.
Você pode gostar
Comentários
mais notícias
ar uma situação crítica na rede pública da cidade sem que o mesmo se repita nos demais municípios. Quero lembrar que todos os nossos leitos são regulados pelo governo do Estado, como deve ser em um sistema como o SUS. E assim desejamos manter\", disse.", "description":"Um dos assuntos mais discutidos pelos governantes foi a antecipação do feriado de Páscoa. Nova reunião da Prefeitura do Rio com o Comitê Científico deve ser realizada nesta segunda-feira", "alternativeHeadline":"Um dos assuntos mais discutidos pelos governantes foi a antecipação do feriado de Páscoa. Nova reunião da Prefeitura do Rio com o Comitê Científico deve ser realizada nesta segunda-feira", "keywords":"rio, reunião, cláudio castro, eduardo paes, alex grael, medidas, restrição", "isAccessibleForFree":true, "isFamilyFriendly":true, "image": { "url": "https://odia.ig.com.br/_midias/jpg/2021/03/20/1200x750/1_1903___reuniao_do_gov_com_o_pref_do_rio_e_de_niteroi_8-21489509.jpg", "@type":"ImageObject" }, "datePublished":"2021-03-21T14:14:15-03:00" }
Matéria Salva!

Agora você pode ler esta notícia off-line

Matéria removida da seção links salvos
Publicidade

Governador e prefeitos do Rio e de Niterói não entram em consenso sobre novas medidas de restrição

Um dos assuntos mais discutidos pelos governantes foi a antecipação do feriado de Páscoa. Nova reunião da Prefeitura do Rio com o Comitê Científico deve ser realizada nesta segunda-feira

Governador se reuniu com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o prefeito de Niterói, Axel Grael, no Palácio Laranjeiras
Governador se reuniu com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o prefeito de Niterói, Axel Grael, no Palácio LaranjeirasRogerio Santana
Por O Dia
Rio - O governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, e o prefeito de Niterói, Alex Grael, se reuniram, na manhã deste domingo (21), no Palácio Laranjeiras, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio, para discutir novas medidas de restrição em combate à pandemia da covid-19, no entanto, nenhuma decisão foi tomada. Um dos assuntos mais discutidos pelos governantes foi a antecipação do feriado de Páscoa, que começaria no dia 26 de março e terminaria no dia 04 de abril, mas a pauta também ainda não foi aprovada. Nesta segunda-feira (22), Paes e Grael anunciaram uma entrevista coletiva na cidade de Niterói, em que novas medidas devem ser anunciadas para os municípios.
Segundo a assessoria do governo do estado, não há informações sobre o motivo pelo qual o martelo ainda não foi batido sobre as novas medidas restritivas.
Publicidade
Uma nova reunião da Prefeitura do Rio com o Comitê Científico deve ser realizada, nesta segunda-feira (22), para decidir se as medidas de restrição vão ser ampliadas na cidade do Rio. 
"Na segunda (amanhã) espero anunciar novas medidas em consonância com o governo do estado. Na cidade do Rio elas virão. Nosso foco é na Ciência e em salvar vidas. Entendemos a complexidade das nossas decisões mas esse é um momento de solidariedade e empatia", escreveu Paes no Twitter.
Publicidade
Impasse entre os governantes
reunião que aconteceu na sexta-feira (19), no Palácio Guanabara, com o governador em exercício, Cláudio Castro, e os prefeitos Paes e Grael também terminou sem acordo. Os prefeitos defenderam medidas mais duras para conter o avanço da covid-19. Mas, os demais prefeitos não chegaram a um consenso. Paes já adiantou que quer antecipar os feriados de abril, o que daria 10 dias sem atividades, abrangendo apenas serviços essenciais.
Publicidade
Após a reunião, Paes usou suas redes sociais para comentar o encontro. "Não dá para se imaginar uma situação crítica na rede pública da cidade sem que o mesmo se repita nos demais municípios. Quero lembrar que todos os nossos leitos são regulados pelo governo do Estado, como deve ser em um sistema como o SUS. E assim desejamos manter", disse.
Você pode gostar
Comentários
mais notícias