Vereador Dr. Jairinho é afastado de Comissão de Justiça da Câmara
Vereador Dr. Jairinho é afastado de Comissão de Justiça da CâmaraRenan Olaz/CMRJ
Por O Dia
Rio - O vereador Dr. Jairinho, preso pela morte do enteado, Henry Borel, de apenas 4 anos, conta com novo defensor. O advogado Brás Santana assumiu a defesa do parlamentar, mas ainda não traçou uma estratégia, porque, segundo ele, ainda não teve acesso às provas coletadas do caso. As informações foram confirmadas pelo G1.
Outro advogado do escritório onde Santana trabalha deve ir à 16ªDP (Barra da Tijuca), que realiza as investigações do caso, para conversar com o delegado responsável, Henrique Damasceno.
Publicidade
Na última quarta-feira (14), o advogado André França Barreto, que até então defendia o vereador, deixou o caso. Na segunda-feira (12), ele já havia comunicado que não representava mais a mãe de Henry, Monique Medeiros.
Nesta segunda-feira (19), Dr. Jairinho foi afastado da Comissão de Justiça e Redação da Câmara Municipal do Rio, após o comunicado da expulsão do parlamentar do partido Solidariedade. A votação, em plenário, para escolha do substituto deve acontecer ainda esta semana.
Publicidade
Também nesta segunda, o pai de Henry, Leniel Borel de Almeida, iniciou uma campanha na internet que pede o aumento da pena para assassinato de menores praticados por padrastos e madrastas. O abaixo-assinado, criado na madrugada de hoje, já conta com cerca de oito mil assinaturas.