A prova será realizada no dia 20 março. Candidatos aprovados no exame começam a ter aulas em junhoFabio Costa/Agencia O Dia

Rio - Interessados em participar do vestibular 2022 da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) têm até o dia 12 de janeiro para se inscrever pelo site. Serão oferecidas 5.736 vagas em 64 cursos de graduação, localizados nas cidades do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São Gonçalo, Nova Friburgo, Petrópolis e Resende. 
Devido à pandemia, o vestibular se resumirá a uma única prova, marcada para o dia 20 de março. Antes, ele era dividido em duas etapas: uma prova geral com questões objetivas e uma específica relacionada ao curso de interesse do candidato. Além disso, os participantes tinham a chance de repetir a primeira fase, caso não tivessem atingido a pontuação esperada.
Agora, os candidatos terão que fazer 60 questões de múltipla escolha relacionadas às disciplinas de Biologia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira, Língua Portuguesa / Literatura, Matemática e Química, além de uma redação. O conteúdo cobrado inclui também a leitura dos livros “Uma Janela em Copacabana”, de Luiz Alfredo Garcia-Roza, e “Sonetos”, de Luís de Camões.

De acordo com os calendários acadêmicos definidos anteriormente pela Universidade, as aulas do primeiro semestre terão início em 13 de junho. Já os candidatos classificados para o segundo semestre vão começar o curso em 19 de outubro.

Sistema de reserva de vagas

Candidatos que vivem em condição de carência socioeconômica podem concorrer à reserva de vagas do vestibular. Para atender a esse requisito, a renda per capita (por pessoa da família) mensal bruta deve ser igual ou inferior a R$1.650,00. As vagas são distribuídas da seguinte forma:

- 20% para estudantes negros, indígenas e oriundos de comunidades quilombolas;
- 20% para estudantes oriundos de ensino médio da rede pública de ensino;
- 5% para pessoas com deficiência, filhos de policiais civis e militares, de bombeiros militares e de inspetores de segurança e administração penitenciária mortos ou incapacitados em razão do serviço.
O estudante que ingressa na Universidade pelo sistema de cotas recebe a Bolsa-permanência, atualmente no valor de R$ 550,00, até o tempo máximo de integralização curricular previsto para cada curso. O intuito é garantir a frequência nas disciplinas e atividades por meio dessa ajuda de custo.

Guia dos cursos

Para auxiliar os candidatos na escolha da carreira a seguir, a Pró-reitoria de Graduação (PR1) da Universidade preparou um guia, em formato digital PDF, com todas as informações relevantes dos cursos oferecidos, suas diferentes habilitações, licenciaturas e bacharelados. No documento, é possível encontrar informações como duração, turno, disciplinas, perfil do aluno e mercado de trabalho.

Ao acessar o fluxograma de interesse, o estudante poderá visualizar toda sua trajetória acadêmica, desde o ingresso pelo vestibular, até a conclusão da graduação. Para facilitar a pesquisa, o índice foi organizado por ordem alfabética de curso e também por campus.