Novo coronavírusReprodução

Rio - A Secretaria de Estado de Saúde do Rio (SES) informou que registrou, até esta quinta-feira (5), 1.368.337 casos confirmados e 69.520 óbitos por coronavírus no estado. Nas últimas 24 horas, foram contabilizados 5.465 novos casos e cinco mortes. A taxa de letalidade da covid-19 no Rio está em 5,08%, a maior do país.
Entre os casos confirmados, 1.286.286 pacientes se recuperaram da doença. Segundo o painel de dados desenvolvido pela pasta, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para a covid-19 no estado é de 10,4%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 8,0%.
Covid no Rio 
O secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, afirmou que, atualmente, quase metade dos testes de covid-19 realizados na cidade são positivos para a doença, um índice que não ocorria há mais de 17 semanas. A declaração aconteceu durante a inauguração do centro de atendimento a pacientes com síndrome gripal do Clube Municipal do Servidor, na Cidade Nova, no Centro, nesta quinta-feira (6). De acordo com o Painel Rio COVID-19, na primeira semana epidemiológica do ano, a positividade dos testes para o novo coronavírus é de 41%.

O secretário atribui o aumento dos casos à variante Ômicron, que se dissemina com mais rapidez do que as demais, segundo ele. Soranz explicou que nas últimas semanas o Rio registrou baixo índice, porque a doença predominante em circulação era a Influenza, controlada na última semana de dezembro. Dados do painel mostram que na última semana epidemiológica de 2021, a taxa de positividade para a doença era de 13%, na semana antecedente era de 6% e a anterior a essa registrou apenas 1%.