Imagem ilustrativa de coronavírusPixabay - Creative Commons

Rio - A Secretaria de Estado de Saúde do Rio (SES) informou que registrou, até este domingo, 1.385.935 casos confirmados e 69.532 óbitos por coronavírus no estado. Nas últimas 24 horas, foram contabilizados 3.451 novos casos e duas mortes. Só na capital, houve o registro de 3.016 casos confirmados nas últimas 24 horas.
A taxa de letalidade da covid-19 no Rio está em 5,02%, a maior do país. Entre os casos confirmados, 1.289.062 pacientes se recuperaram da doença. Segundo o painel de dados desenvolvido pela pasta, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) para a covid-19 no estado é de 10,4%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 8,0%.
Influenza
Desde o mês de dezembro do ano passado e até hoje, aproximadamente 5,5 mil profissionais da rede municipal de Saúde do Rio de Janeiro precisaram ficar afastados de suas atividades, por conta de infecções pelos vírus da influenza ou da covid-19. Entre novembro e dezembro de 2021, a capital fluminense e a Região Metropolitana sofreram com uma epidemia de Influenza A. Já nos primeiros dias de 2022, houve um aumento de casos do novo coronavírus, com cerca de dez mil exames realizados por dia na cidade e taxa de positividade de 43%.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), parte dos trabalhadores já retornaram às suas funções, após cumprirem período de isolamento. Em apenas uma semana, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) estaduais chegaram a registrar aumento de 400% nos casos de síndrome gripal. Até o último dia 17, a capital fluminense contabilizou 24 mortes pela doença, no ano de 2021. Em outros pontos do estado, foram registradas cinco mortes, sendo três delas de pessoas não imunizadas. Não vacinados também foram a maioria dos casos graves.