Secretaria de Estado de Saúde amplia oferta de testes para Covid-19 e disponibiliza novas vagasMarcos Porto/ Agência O DIA

Rio - A Saúde do Estado do Rio vai ampliar, a partir desta quarta-feira (12), a oferta de testes para Covid-19 nos nove centros de testagem abertos pelo governo. Ainda na noite desta terça-feira, foram disponibilizados 2 mil agendamentos para amanhã (12) e quinta-feira (13). Essa é uma tentativa de diminuir as grandes filas para testagem que se formam nos postos de saúde desde a primeira semana do ano.
Para marcar o exame, os interessados devem acessar esse link e inserir dados como nome, CPF e data de nascimento. Ao todo, serão disponibilizados 3 mil testes diariamente nas unidades, alcançando a meta estabelecida pela pasta para a primeira semana de testagem.
Como funciona
O paciente poderá escolher um dos nove locais de testagem e o horário de atendimento. A agenda estará aberta sempre para os dois dias seguintes. Dessa forma, todos os dias, mais vagas serão disponibilizadas no site. No fim do agendamento, o sistema emitirá um protocolo, que deverá ser anotado pelo paciente, que também poderá fotografar a tela. A marcação é pessoal e intransferível. Será necessário apresentar um documento oficial com foto.

Serão oferecidos testes rápidos de antígeno. Pacientes com sintomas moderados a graves, como febre acima de 37,5°C e dificuldades respiratórias, devem procurar diretamente uma UPA ou emergência hospitalar, onde realizarão o teste e passarão por atendimento médico para avaliação do quadro de saúde. As 28 UPAs do estado também estão realizando atendimento e testes para casos moderados e graves da doença.

Pessoas que testarem positivo para Covid-19 devem fazer isolamento de 7 dias a partir do primeiro dia de sintomas. Além disso, as medidas de enfrentamento, como uso de máscaras, lavagem das mãos, uso de álcool gel e evitar aglomerações, devem continuar sendo seguidas. Da mesma forma, é importante que o calendário vacinal seja observado com atenção. Quem ainda não tomou a segunda dose deve procurar um posto de saúde o mais rápido possível, assim como as pessoas que já podem receber a dose de reforço.
Tempo de isolamento para infectados
De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, se um indivíduo estiver sem sintomas e não estiver tomando remédio para febre durante 24h, o período em que ele deve ficar afastado de outras pessoas é de sete dias. O tempo de contagem começa a partir do primeiro dia de sintoma, ou a partir do dia em que foi feito o teste contra o coronavírus.
Ainda segundo o órgão, as pessoas que apresentarem sintomas respiratórios ou febre e que estiverem testando positivo com sete dias de isolamento, devem permanecer isoladas até o 10º dia. Se depois de sete dias o indivíduo não estiver mais com sintomas por pelo menos 24h, a SES recomenda que ele permaneça isolado até o 10º dia, mas sem precisar fazer um novo teste.
Caso a pessoa esteja com sintomas depois de 10 dias de isolamento, ela terá que permanecer isolada. Ela só poderá voltar ao convívio com a sociedade se estiver sem sintomas, sem febre e sem estar fazendo uso de medicamentos.