O município não irá realizar mais nenhuma festividades na datadivulgação

Rio - A Prefeitura de São Pedro da Aldeia anunciou através de suas rede sociais nesta terça-feira (12) que o carnaval deste ano está cancelado na cidade. O município não irá realizar mais nenhuma festividade no período. A decisão foi tomada em virtude da instabilidade no cenário epidemiológico da covid-19 e da influenza.
De acordo com a cidade, maiores detalhes sobre a decisão serão colocados em discussão durante a reunião do Gabinete de Crises da prefeitura.
Nesta última segunda-feira, a Prefeitura de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, também cancelou o carnaval na cidade através de um decreto. O evento Verão Musical foi suspenso. O documento, assinado pelo prefeito Marcelo Magno (PL), justifica a medida com o aumento de casos de Covid-19 e influenza no Estado do Rio.

Pelo decreto, estão proibidos eventos de carnaval em espaços públicos, como ensaios, desfiles e apresentação de blocos e escolas de samba, além de shows, apresentações musicais e eventos com sonorização mecânica ou por instrumentos.

As festas em locais privados estão liberadas desde que seja exigido dos frequentadores comprovante de vacina e uso de máscara. O local também deve disponibilizar álcool em gel.
O primeiro município da lista foi Maricá, que cancelou a folia em 04 de janeiro, mesmo dia que a cidade do Rio de Janeiro e Niterói também tomaram a decisão.

Araruama e Saquarema também fizeram o anúncio nos dias que se seguiram. Logo depois, Arraial do Cabo e Iguaba Grande se posicionaram da mesma forma. Os municípios de Campos dos Goytacazes, Nilópolis, Teresópolis e Volta Redonda também suspenderam a folia.
Cidades que ainda não cancelaram

Desde o começo da onda de cancelamentos, Cabo Frio vive uma incógnita e um cenário de indefinição, mas, segundo o secretário de Turismo, Carlos Cunha, "a tendência é pelo cancelamento".

Nesta terça (11), a Associação dos Blocos de Cabo Frio (ABBACAF) soltou uma nota nas redes sociais informando o cancelamento das festividades de rua na cidade, em decisão conjunta dos 32 blocos cabo-frienses.

Em Armação dos Búzios, também não há uma definição oficial sobre a realização ou não do Carnaval. No entanto, o prefeito Alexandre Martins (REP) já disse que há "propensão”" pelo cancelamento.