João Joel de Araújo era inspetor da Polícia Civil, lotado na 12ª DP (Copacabana)Divulgação

Rio - Um inspetor da Polícia Civil, identificado como João Joel de Araújo, de 41 anos, foi morto a tiros, na manhã desta quarta-feira (11), na Estrada da Grota Funda, em Guaratiba, Zona Oeste do Rio. De acordo com a Polícia Militar, uma equipe do 27º BPM (Santa Cruz) foi acionada para verificar uma ocorrência de homicídio na região. No local, os policiais encontraram o agente, que era lotado na 12ª DP (Copacabana), morto. A Delegacia de Homicídios (DH) fez uma perícia no local e investiga o crime.
Nas redes sociais, testemunhas contaram que ouviram muitos disparos e que homem não seria morador da região. O veículo que a vítima estava ao ser abordado está com, ao menos, cinco marcas de tiros. O corpo de João Joel foi encontrado ao lado do carro.
Inspetor da Polícia Civil é morto com vários tiros em Guaratiba, na Zona Oeste do Rio - Reprodução/Redes Sociais
Inspetor da Polícia Civil é morto com vários tiros em Guaratiba, na Zona Oeste do RioReprodução/Redes Sociais
A área foi isolada e a perícia e o Corpo de Bombeiros Militar (CBMERJ) foram acionados. Agentes da DH buscam imagens de câmeras de segurança na região que possam ajudar a identificar os autores do crime. Ninguém foi preso até o momento. O corpo do agente foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Ainda não há informações sobre a data e local de sepultamento do inspetor.
Um helicóptero blindado da Polícia Civil sobrevoou a região de Guaratiba durante a tarde em busca dos autores do crime. A região é controlada pela milícia e não houve registro de confronto.
Em menos de 24 horas, este foi o segundo inspetor da Polícia Civil vítima de criminosos. Na manhã de terça-feira (10), um agente da 126ª DP (Cabo Frio) foi baleado durante diligência para cumprimento de um mandado de prisão. A viatura passava por um dos acessos da Cidade Alta, em Cordovil, Zona Norte do Rio, quando foi atacada por criminosos fortemente armados. Um inspetor foi atingido na perna.
Equipes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) foram ao local em apoio aos policiais da 126ª DP. Baleado sem gravidade, o agente ferido foi levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, onde recebeu um primeiro atendimento e depois, transferido para o Hospital Pasteur, no Méier. Seu quadro de saúde é estável.
Com a morte do inspetor João Joel, sobe para 18 o número de agentes de segurança mortos em ações violentas no Estado do Rio de Janeiro. Sendo 12 da Policia Militar; dois da Policia Civil; um Policial Penal/SEAP; um Degase, um suboficial da Marinha do Brasil e um guarda Municipal.
O Portal dos Procurados divulgou um cartaz para ajudar nas investigações da DHC a fim de obter informações que levem a identificação e prisão dos envolvidos na morte do inspetor. O Disque Denúncia recebe informações sobre a identificação e localização dos envolvidos na morte do Policial Civil, nos seguintes canais de atendimento:

WhatsApp do Portal dos Procurados: (21) 98849-6099
(21) 2253 1177 ou 0300-253-1177
APP "Disque Denúncia RJ"
Facebook/(inbox): https://www.facebook.com/procuradosrj/,
https://twitter.com/PProcurados (mensagens).
Site Portal dos Procurados – em Denuncie – (procurados.org.br/contato).
Portal dos Procurados pede informações sobre os envolvidos na morte de inspetor da Policia Civil do Rio - Divulgação
Portal dos Procurados pede informações sobre os envolvidos na morte de inspetor da Policia Civil do RioDivulgação
Em todas as plataformas digitais, o anonimato é garantido.
Morador executado em Guaratiba
A região onde o inspetor João Joel foi assassinado também foi cenário de um outro homicídio, no último sábado (7). Um homem identificado como João Carlos da Costa, 56 anos, foi morto, também a tiros, na Estrada da Ilha, altura da Estrada Brant Hora, em Guaratiba. Policiais do 27º BPM (Santa Cruz) foram acionados para o local e encontraram a vítima em óbito no interior do seu carro. A vítiima morava perto do local do crime. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital.
Imagens de uma câmara de segurança mostram a vítima dirigindo uma picape de cor cinza. Dois homens em uma moto vermelha se aproximam do carro e atiram em direção ao motorista.