Mais de mil policiais militares começaram a usar câmeras portáteis em seus uniformesSandro Vox / Agência O Dia

Rio - O vazamento de um vídeo de uma abordagem policial gravado pela câmera acoplada no uniforme de um PM está sendo investigado pela corporação. O policial gravou a tela com um celular e compartilhou as imagens de uma ação em Pilares, na Zona Norte da cidade, neste domingo (5). De acordo com a PM, o comando do 3º BPM (Méier) abriu um processo para identificar o policial que registrou as imagens.

A ação filmada ocorreu quando policiais do 3º BPM coibiram um roubo de carro na Rua José dos Reis, em Pilares. Os policiais avistaram a ação dos criminosos, que atiraram contra a equipe. Houve confronto. Um suspeito foi ferido na perna e encaminhado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. Os bandidos fugiram.

Ainda conforme a PM, além de coibir a ação criminosa, os agentes recuperaram um carro que havia sido roubado no bairro Piedade também no domingo. Ocorrência encaminhada para a 44ª DP (Inhaúma). "Ressaltamos que a gravação dessas imagens é proibida", diz a nota da Polícia Militar.