Estátua General Baquedano em chamas
Estátua General Baquedano em chamasReprodução / Internet
Por O Dia
Rio – Multidões tomaram as ruas de Assunção, no Paraguai, e de Santiago, no Chile, na noite dessa sexta-feira (05) em protestos contra as autoridades locais. No Paraguai, os manifestantes exigem a renúncia do presidente, Mário Abdo Benitéz, devido à má gestão da pandemia do novo coronavírus.

O sistema de saúde do Paraguai ameaça entrar em colapso, UTIs estão lotadas e cirurgias não emergenciais foram canceladas. Também hoje, o ministro da Saúde do Paraguai, Julio Mazzoleni, já havia renunciado ao seu cargo em meio a uma crise provocada pela falta de medicamentos nos hospitais públicos do país e críticas pela gestão da pandemia de covid-19.
Publicidade

No Chile, manifestantes foram às ruas contra violência policial. A população sofreu repressão e houve conflito. Algumas pessoas lançaram coquetéis molotov e, na Plaza Italia, epicentro dos protestos de 2019, a estátua do General Baquedano foi queimada.

Diversos vídeos dos protestos estão circulando nas redes sociais. Confira:
No Paraguai
Publicidade
Publicidade
E no Chile
Publicidade