Felipe Neto
Felipe NetoReprodução - Instagram
Por O Dia
Nesta segunda-feira (15), a Polícia Civil do Rio de Janeiro intimou o youtuber Felipe Neto a depor por suposto crime previsto na Lei de Segurança Nacional. Segundo o influenciador, o motivo da intimação foi ter chamado o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de “genocida” por conta da condução do governo na pandemia de Covid-19.
O caso mobilizou a internet, onde diversos usuários saíram em defesa de Felipe e rapidamente os termos “Felipe Neto” e “#BolsonaroGenocida” passaram a ocupar o topo dos Assuntos do Momento no Twitter.
Publicidade
Entre os perfis das redes sociais que prestaram apoio ao youtuber estavam outros influenciadores, artistas e políticos dos dois lados do espectro. Até pessoas que não concordam com os posicionamentos de Felipe, como o apresentador Danilo Gentili, enviaram mensagens de apoio ao caso do influenciador. Veja algumas mensagens: