Equipe da Patrulha Maria da Penha do 30º BPM de Teresópolis após atendimento das ocorrências
Equipe da Patrulha Maria da Penha do 30º BPM de Teresópolis após atendimento das ocorrênciasDivulgação/ 30BPM
Por O Dia
Em apenas meia hora, a Patrulha Maria da Penha, do 30º BPM de Teresópolis, atendeu a duas ocorrências de violência contra a mulher no município, neste sábado (13/03). Quando estava a caminho da delegacia com um suspeito preso por descumprimento de medida protetiva, a guarnição foi acionada para outra ocorrência de agressão.

Os policiais seguiam para a 110ª DP para apresentar o suspeito de 47 anos, que teria descumprido a medida protetiva conseguida pela ex-companheira, uma mulher de 47 anos, e agredido a vítima, no bairro Barroso. Ele foi preso no trabalho, após a vítima prestar queixa e apresentar os sinais da agressão.

No caminho, a Patrulha Maria da Penha foi acionada pela Sala de Operações e também por populares sobre um caso de agressão que estava acontecendo no Rosário. Os policiais militares então deixaram o primeiro preso na delegacia e seguiram para o local, onde conseguiram encontrar o homem de 25 anos, que teria agredido a companheira, de 19 anos.

De acordo com a guarnição, o suspeito estava muito alterado e reagiu com violência à abordagem dos militares, sendo necessário a contenção por algemas. No local, os PMs acolheram a vítima, que estava ensanguentada, e ainda apreenderam duas facas sujas de sangue e um pedaço quebrado de vidro.

A vítima foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA 24 horas), no bairro Bom Retiro, para receber atendimento médico, e o suspeito foi encaminhado para a delegacia, onde permaneceu preso.


Você pode gostar
Comentários