Escolas de idiomas oferecem preparação gratuita

Cultura Inglesa lança programa para beneficiar jovens de baixa renda. Rede Yes disponibiliza app que ensina inglês

Por RENAN SCHUINDT

Programa prevê que jovens desenvolvam habilidades além do idioma. Período letivo começa em fevereiro
Programa prevê que jovens desenvolvam habilidades além do idioma. Período letivo começa em fevereiro -

Rio - Não é de hoje que os especialistas alertam sobre a importância de um segundo idioma para a projeção da carreira profissional. Com preços nem sempre tão acessíveis, uma grande parcela da população acaba ficando para trás. Com o objetivo de reverter este cenário, a rede Cultura Inglesa lançou um programa de bolsas de estudos que vai contemplar 60 adolescentes de baixa renda, entre 11 e 17 anos, com bolsas de estudo 100% gratuitas.

O projeto está com inscrições abertas e é fruto de uma parceria entre a escola de idiomas e o Núcleo de Estudo e Ação Sobre o Menor (Neam) da PUC-Rio. A ação partiu da iniciativa 'Passion for Teaching', lançada em 2019 pela Spot Educação, holding de ensino que engloba a Cultura Inglesa.

COMO SE INSCREVER

Para se candidatar, o jovem deve preencher um cadastro pelo endereço: https://bit.ly/2T14EhA até o dia 2 de fevereiro. Em seguida, ele deve apresentar a ficha de inscrição completa e toda a documentação solicitada ao Neam. É preciso estar matriculado em escola da rede pública e ter renda familiar de até três salários mínimos, além de comprovar bom desempenho escolar, com média mínima de 7.0 em todas as matérias do currículo escolar.

O candidato deverá responder ainda a pergunta: 'Por que o inglês vai fazer diferença na sua vida?'. Após a análise das informações entregues, haverá entrevistas com os candidatos que, caso aprovados, serão encaminhados para matrícula em uma das unidades da Cultura Inglesa, com ingresso no curso em fevereiro. Todo o material didático será fornecido gratuitamente.

Segundo Marina Fontoura, CEO da Spot Educação, os jovens terão acesso a todos os projetos realizados nos cursos, com atividades que estimulam habilidades úteis para serem aplicadas em várias situações da vida.

"Acreditamos no inglês como uma ferramenta de transformação, do ensino e de vidas. Sem dúvida, é um meio para desenvolver habilidades valorizadas no mercado, como comunicação, criatividade, colaboração e senso crítico", diz Marina Fontoura.

As vagas são para os cursos Basic, Young Express, Plus e Master, que vão do nível iniciante ao avançado. Para concluir os estudos, será necessário manter a frequência de pelo menos 75% nas aulas, além da média necessária para aprovação em cada um dos módulos.

EM OUTROS ESTADOS

De acordo com a Cultura Inglesa, a previsão é que em breve o programa seja ampliado para todas as outras regiões do país em que a rede de cursos mantém escolas.

"Vamos estender o programa para todos os cinco estados onde estamos presentes, sempre em parceria com instituições sérias e focadas na inclusão social. Ao formar cidadãos confiantes e fluentes no inglês, alavancamos a Educação", diz Marina.

APRENDIZADO PELO CELULAR

A Yes Idiomas também anunciou uma iniciativa para ensino gratuito de línguas estrangeiras. As aulas serão pela aplicativo da empresa, que pode ser baixado para os sistemas Android e iOS.

Segundo a Yes Idiomas, a plataforma terá como principal atrativo as videoaulas, com duração de quatro a cinco minutos. O conteúdo, que será apresentado pelo ator e cantor Pedro Sol, simula situações de viagens, como chegada ao aeroporto, ao hotel, pedidos de comida e bebida, e demais ações do dia a dia em um país estrangeiro.

Após assistir ao último vídeo, o internauta poderá solicitar o certificado de conclusão e acessar outros serviços, como compra de material didático ou matrícula em curso presencial. "Queremos permitir o primeiro contato com o idioma e que os usuários conheçam nossa metodologia", diz Clodoaldo Nascimento, presidente da Yes Brasil.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários