Com 23 votos favoráveis, Câmara Municipal do Rio aprovou reforma previdenciária do governo Paes
Com 23 votos favoráveis, Câmara Municipal do Rio aprovou reforma previdenciária do governo PaesDivulgação CMRJ
Por PALOMA SAVEDRA
Em votação apertada nesta terça-feira na Câmara Municipal do Rio, o governo Paes conseguiu aprovar, em primeira e segunda discussão, o aumento do desconto previdenciário de 11% para 14% dos servidores. Foram 23 votos favoráveis e 22 contrários.
Com isso, a nova alíquota poderá começar a valer em julho ou em agosto, já que a prefeitura precisará cumprir o prazo de 90 dias a partir da sanção à lei. 
Publicidade
Reforma da Previdência: confira como cada vereador votou em primeira discussão - Reprodução
Reforma da Previdência: confira como cada vereador votou em primeira discussãoReprodução
A elevação do desconto atinge 99.737 funcionários ativos, aposentados e pensionistas. No caso dos inativos, a contribuição alcança só quem ganha acima do teto previdenciário (R$ 6.433,57).
Publicidade
O texto também prevê o aumento da contribuição patronal (paga pela prefeitura) de 22% para 28%. Os vereadores aprovaram ainda a emenda 1, que garante que a patronal do TCM e do Legislativo continue sendo bancada pelo Tesouro Municipal.