Mini casamentos estão em alta em tempos de crise

Segunda edição de mostra dedicada a cerimônias intimistas começa nesta quinta-feira, no Leblon

Por RENAN SCHUINDT

Feira exibiu produtos propícios para eventos mais econômicos
Feira exibiu produtos propícios para eventos mais econômicos -

Rio - A 2ª edição da Mostra Mini Wedding, que começa a partir desta quinta-feira no Paissandu Atlético Clube, no Leblon, promete oferecer uma experiência exclusiva para quem planeja se casar. Serão dois dias de atividades. Cada vez mais em alta, os mini casamentos se caracterizam pela cerimônia intimista e pelo baixo número de convidados (no máximo 100). Segundo a Associação Brasileira de Eventos (Abrafesta), os brasileiros gastaram R$ 17 bilhões com eventos como casamentos em 2016.

Devido ao formato compacto, a celebração pode ocorrer em ambientes que normalmente seria impossível, como uma casa, um jardim ou até mesmo o restaurante preferido do casal. "A tendência dos mini weddings tem crescido ao longo do tempo. A redução no número de convidados em relação a um casamento convencional permite aos noivos uma cerimônia mais intimista. Assim, é possível investir na qualidade de doces, bebidas e decoração", explica a organizadora Lorena Rubim.

Durante o evento, que tem entrada gratuita mediante doação de dois quilos de alimentos não-perecíveis, os expositores vão oferecer os serviços de buffet, fotografia, decoração, bebidas, beleza e decoração. O evento começa a partir das 16h e vai até às 22h.

Comentários

Últimas de Empregos e Negócios