Minha Empresa Minha Vida

Projeto é focado em pessoas que abrem a própria empresa por necessidade

Por Bernardo Costa

Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios
Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios -

O número de empreendedores só cresce no Brasil. A maioria por necessidade: pessoas que ficaram desempregadas, não conseguiram se reposicionar no mercado e tiveram que apostar nas próprias capacidades para gerar renda. É este o perfil que interessa ao empresário, mentor e investidor Ricardo Majela, que criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar os novos gestores a darem certo.

"A falta de apoio e as contas no vermelho também são fatores que me motivam a ajudá-los. Esses empreendedores estão na base da pirâmide e são os que têm mais dificuldades. Com pouca informação, são capazes de fazer muito", diz Ricardo Majela, que acumula conhecimento sobre empreendedorismo desde os 14 anos, quado criou uma equipe de som na Ilha do Governador, onde foi criado:

"Ali eu percebi a importância do marketing e comecei a lidar com as finanças, inclusive com inadimplência, pois havia pessoas que nos contratavam e não pagavam".

Hoje, aos 47 anos, Majela gerencia quatro empresas. Uma delas é a RM Digital, que criou o 'Minha Empresa Minha Vida'. O programa de capacitação tem duração de seis meses e está estruturado em quatro eixos: 'Conhecimento prático', 'Mentoria', Rede de Networking' e 'Investimento-anjo'.

Na turma de estreia, que teve início em março, foram aceitos 32 alunos de um total de 1.235 inscritos. Conheça ao lado três deles. Wallace Vainstok quer abrir uma plataforma online de cursos, Diva Gonzalez precisa manter sua academia e Alariana Barros criou serviço de secretária remota.

Wallace Vainstok vende paçoca no sinal para levantar capital para abrir a própria empresa - Divulgação

'A ação no semáforo gera empatia'

O local de trabalho de Wallace Vainstok, de 26 anos, é num cruzamento da Avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis. Ali, ele conta que levanta capital de giro para abrir uma empresa de cursos online. Wallace foi procurado por Ricardo Majela após a foto acima, feita no local, viralizar na internet. Majela confirmou um tino empreendedor no jovem, que, 'nas ações de venda', como Wallace caracteriza as ofertas no sinal, não se separa de uma placa em que se lê: 'Quero ser empresário! Tudo tem um começo. Paçocas a 1 real'.

"A placa é o modelo de vendas. Ela gera um poder de comunicação e empatia muito forte", diz Wallace, que pretende lançar plataforma de cursos online para ajudar artistas a trabalhar com música ao vivo: "É minha outra fonte de renda, que deixo reservada".

Diva Gonzalez mantém academia na Ilha do Governador e tenta vencer dificuldades financeiras para manter empresa ativa - Divulgação

'Sou gestora por puro feeling'

Há cinco anos, Diva Gonzalez assumiu sozinha a gestão da academia Jorge Gonzalez, na Ilha do Governador. Ela tocava o negócio com o marido, que era responsável pela parte financeira. Fim do casamento, fim da sociedade. Resta a Diva prosseguir com o negócio. "Em pouco tempo de aula os mentores do Minha Casa Minha Vida já me mostraram como cortar gastos. E tem dado muito certo", diz Diva, de 49 anos.

Alariana Barros criou o serviço de secretária remota e trabalha de casa, onde montou sua empresa - Divulgação

'Decidi que iria parar de bater ponto'

Em maio do ano passado, Alariana Barros, de Cuiabá, se reinventou como secretária remota após ter sido demitida da empresa em que trabalhava no dia em que voltava de férias. A segurança que tanto prezava, desapareceu de uma hora para outra. E, com ela, o medo de empreender. "Decidi que não voltaria mais a bater ponto. Montei um home-office e hoje trabalho como secretária para cerca de 10 clientes por mês. Alguns por demanda e outros fixos", diz Alariana.

Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios - Divulgação

FORMULÁRIO

O curso 'Minha Empresa Minha Vida' acontece duas vezes por ano. Os interessados em participar da próxima turma podem se cadastrar na lista de espera disponível no site www.minhaempresaminhavida.org. Antes de serem admitidos, os candidatos precisam preencher formulário de perguntas em que são avaliadas a motivação e a capacidade para colocar as lições em prática.

PRÁTICA

Todas as interações entre mentores e alunos se dá via WhatsApp. As aulas são ao vivo por chamadas de vídeo. No módulo 'Conhecimento prático', os alunos aprendem maneiras para atingir objetivos como atrair clientes de forma constante, multiplicar vendas, e manter as finanças organizadas com a utilização de ferramentas simples. 

MENTORIA

Na etapa seguinte, três mentores ajudam os alunos a colocar em prática as lições aprendidas no módulo 'Conhecimento prático'.

REDE DE CONTATOS

Por WhatsApp, os alunos trocam experiências e podem gerar parcerias entre si. Durante o curso, investidores-anjo acompanham os participantes, que podem receber apoio financeiro .

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios Divulgação
Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios Divulgação
Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios Divulgação
Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios fotos Divulgação
Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios Divulgação
Ricardo Majela criou o curso 'Minha Empresa Minha Vida' para ajudar empreendedores a alavancar negócios Divulgação
Wallace Vainstok vende paçoca no sinal para levantar capital para abrir a própria empresa Divulgação
Diva Gonzalez mantém academia na Ilha do Governador e tenta vencer dificuldades financeiras para manter empresa ativa Divulgação
Diva Gonzalez mantém academia na Ilha do Governador e tenta vencer dificuldades financeiras para manter empresa ativa Divulgação
Após a separação, Diva assumiu sozinha a gestão de uma academia Divulgação
Diva Gonzalez mantém academia na Ilha do Governador e tenta vencer dificuldades financeiras para manter empresa ativa Divulgação
Diva Gonzalez mantém academia na Ilha do Governador e tenta vencer dificuldades financeiras para manter empresa ativa Divulgação
Diva Gonzalez mantém academia na Ilha do Governador e tenta vencer dificuldades financeiras para manter empresa ativa Divulgação
Diva Gonzalez mantém academia na Ilha do Governador e tenta vencer dificuldades financeiras para manter empresa ativa Divulgação
Alariana Barros criou o serviço de secretária remota e trabalha de casa, onde montou sua empresa Divulgação

Comentários